Brasil busca manter hegemonia no Peru | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Brasil busca manter hegemonia no Peru

Seleção disputa o Sul-Americano Sub-23 em Lima, a partir desta sexta-feira / Foto: Carol Coelho/CBAt

Peru - A Seleção Brasileira busca manter a hegemonia na sétima edição do Campeonato Sul-Americano de Atletismo Sub-23, que começa nesta sexta-feira (dia 23) no Estádio La Videna, em Lima, no Peru. Com uma equipe de 42 atletas - 22 homens e 20 mulheres -, o Brasil terá 20 representantes logo no primeiro dia de competição.
 
De acordo com o Programa Horário, anunciado pela Federação Peruana de Atletismo, a competição será aberta às 15 horas de Brasília (13 horas locais) e terá oito finais: lançamento do dardo, salto triplo, 1.500 m e 10.000 m no masculino e no feminino.
 
Os atletas brasileiros chegaram quarta-feira a Lima e nesta quinta-feira alguns já foram fazer o reconhecimento da pista, sede no ano passado do Campeonato Sul-Americano Adulto.
 
O paulista Mateus Daniel de Sá participa nesta sexta da final do salto triplo. Ganhador da medalha de bronze no Mundial Sub-20 de Eugene, nos Estados Unidos, em 2014, ele conquistou o ouro este ano no Campeonato Ibero-Americano Caixa, disputado em maio, no Estádio Olímpico do Engenhão, no Rio.
 
Os outros brasileiros inscritos em provas finais são Pedro Luiz Barros e Edivania dos Santos Araújo (dardo), Claudine Paola Jesus (triplo), Wellerson Falcão Vivi e Jaqueline Weber (1.500 m), Daniel Ferreira do Nascimento, Filipe de Miranda e Jessica Ladeira Soares (10.000 m).
 
A confirmação de todos os atletas e a realização das provas semifinais seria realizada no Congresso Técnico da competição, marcado para as 20 horas de Brasília desta quinta-feira (22) na capital peruana.
 
O último Sul-Americano Sub-23 foi disputado em 2014, em Montevidéu, no Uruguai, e os brasileiros foram campeões, somando 288 pontos na classificação geral, sendo 164 no masculino e 124 no feminino. A Venezuela terminou na segunda colocação, com 121 pontos (36 no masculino e 85 no feminino), seguida do Chile, com 116 (80 entre os homens e 36 entre as mulheres).
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook