Erica Sena e Caio Bonfim competem na China

Erica Sena  / Foto: Carol Coelho/CBAtErica Sena / Foto: Carol Coelho/CBAt

São Paulo - A oitava e última etapa da IAAF Race Walking Challenge 2018 será disputada nesta segunda-feira (dia 24), a partir das 09:30 (22:30 de Brasília), em volta do lago Taihu no distrito de Wuzhong, na cidade Suzhou, na China. A competição reunirá alguns dos principais marchadores do planeta nas provas de 20 km e definirá os campeões do circuito deste ano.
 
O Brasil estará representado por oito atletas, com destaque para Caio Bonfim (CASO-DF), medalha de bronze no Mundial de Londres-2017, e Erica Rocha de Sena (Orcampi Unimed-SP), quarta colocada no Mundial de Marcha Atlética de Taicang, na China, em maio último, e campeã do IAAF Race Walking Challenge 2017.
 
Estão inscritos na competição, que terá três dias de disputas, uma maneira de divulgar a marcha, uma modalidade já popular na China, os brasileiros José Alessandro Bagio (FME Timbó-SC), Moacir Zimmermann (AABLU), Max Batista dos Santos (CASO-DF), Tiago do Nascimento Fonseca (São Paulo Kiatleta), Elianay Pereira Barbosa (CASO-DF) e Nair da Rosa (AABLU-DF).
 
A pernambucana Erica de Sena briga pelo vice-campeonato do circuito de marcha da IAAF 2018. Ela ocupa a terceira colocação na classificação parcial, com 23 pontos. A chinesa Shijie Qieyang é a virtual campeã, com 34 pontos. A mexicana Maria Guadalupe González, segunda colocada, está fora da briga, porque não disputou o número mínimo de etapas.
 
“Tenho de fazer uma boa prova para não ser surpreendida por outras marchadoras”, explicou Erica, no sábado (15), durante a conquista de mais um título do Troféu Brasil Caixa de Atletismo, em Bragança Paulista (SP).
Os marchadores participam na terça-feira (25), na cidade nova de Wuzhong Taihu, de uma competição de 12 km, e no dia seguinte (26), de outra prova de 12 km, também individual e por equipes em Mudu.
 
No ano passado, Caio Bonfim e Erica de Sena conquistaram as medalhas de bronze no evento individual. Por equipes, os brasileiros foram campeões. Caio Bonfim competiu ao lado de Andrés Chocho, Isaac Palma, Ever Palma e Lebogang Shange, pela Latin Power, que venceu com 10:29:05.
 
No feminino, as Latinas, equipe formada por Erica de Sena, Sandra Arenas e Kimberly García, com o tempo acumulado de 11:25:18, ganhou com mais de seis minutos de vantagem sobre a Heroes, de Antonella Palmisano, Brigita Virbalyte-Dimsiene e Viktoria Madarasz, com 11:31:51.
 
Veja Também: 
 
 
 

 

 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook