#100dias: Bolt treina em pista sem luxo mas exige privacidade | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

#100dias: Bolt treina em pista sem luxo mas exige privacidade

Bolt se expõe mas na hora do treino preza pela privacidade / Foto: Reprodução / Instagram

Rio de Janeiro – A maior estrela do atletismo mundial, quiçá do esporte olímpico atualmente, tem um foco bem claro: se tornar o único tricampeão olímpico e mundial da história dos 100m e nos 200m livre. Para isso, Usain Bolt não abre mão de uma coisa: privacidade.
 
A exatos 100 dias dos Jogos Olímpicos, o jamaicano se concentra para brilhar na pista de atletismo do Engenhão, no Rio que, diga-se, corre contra o tempo para ficar pronta. Para Bolt, porém, pelo menos os treinos estão encaminhados, e de forma até humilde: a pista de treinamento do astro é na Universidade de West Indies, é cercada por uma grama alta e uma grade castigada pelo tempo.
 
Nos arredores da pista há uma placa com a emblemática frase: “campo de treinamento para lendas”. É possível que isto atraia ainda mais a curiosidade dos estudantes e de jornalistas, que conseguem ver, à distância, o treinamento de Bolt.
 
O astro, porém, preza pela privacidade. Seu técnico Glen Mills costuma retirar os jornalistas assim que percebe que está sendo filmado. Não há, porém, segundo o atleta, nada a esconder.
 
“Não tem nenhum segredo. É tudo sobre trabalho e determinação. Você trabalha forte para chegar à melhor forma da sua vida, e tudo acontece. Nessa temporada eu comecei um pouco acima das outras, e estou feliz com isso. Não posso dizer que estou plena forma, mas estou chegando lá. Nosso planejamento é chegar ao pico em junho (mês das seletivas jamaicanas), e tentar manter isso até agosto”, explica.
 
Um dos principais focos do treinamento de Bolt é sua largada, os primeiros 10m. Segundo ele, isto é “sempre ruim”.
 
Mesmo assim, é visível a confiança do técnico e do velocista na manutenção de sua invencibilidade em Jogos Olímpicos. “Tenho certeza de que, se tudo correr bem, sem lesões, tenho tudo para ser campeão. Então vou comemorar, vou descobrir algum lugar para ir e me divertir um pouco. Certamente vou ter várias sugestões”, brinca Bolt, a respeito da possibilidade de ir às festas na badalada noite carioca.
 
Veja Também: 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook