Após mais um dia, barcos estão divididos em dois grupos no Atlântico

A disputa da nona etapa segue com divisão entre dois pelotões / Foto: Jeremie Lecaudey/Volvo Ocean RaceA disputa da nona etapa segue com divisão entre dois pelotões / Foto: Jeremie Lecaudey/Volvo Ocean Race

Estados Unidos - A regata transatlântica entre Newport (Estados Unidos) e Cardiff (País de Gales) segue bastante estratégica. Com pontuação dobrada, a nona etapa da Volvo Ocean Race 2017-18 ganha mais importância nessa reta final.
 
Os dois primeiros colocados na tabela - MAPFRE e Dongfeng Race Team - optaram por uma caminho mais ao norte do Atlântico.
 
Em terceiro lugar e ainda vivo no campeonato, o Team Brunel seguiu mais ao sul e se deu bem nesta terça-feira, dia 22. "Como era esperado, há uma grande divisão. Será interessante ver quem estará na frente dentro de cinco dias", disse o comandante do Team Brunel, Bouwe Bekking. 
 
O Team Brunel tem na sua cola team AkzoNobel e Vestas 11th Hour Racing. ''Basicamente temos sempre mais vento do que a previsão. No último relatório, eles [pelotão ao norte] tinham 6 nós, em comparação nós tínhamos 25 nós de vento'', escreveu Bouwe Bekking.
 
Como disse o holandês, a situação deve mudar a cada relatório enviado pela organização. Os barcos passam pelas correntes do Golfo. 
 
"É uma grande divisão", disse o neozelandês Blair Tuke, do MAPFRE. ''É um pouco preocupante que o Brunel tenha tanta separação entre nós. Isto pode ser benéfico para nós, ou talvez não''. 
 
Os barcos devem chegar até 29 de maio a Cardiff.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook