Barco de Hong Kong vence quarta etapa e faz a festa em casa

eam Sun Hung Kai / Scallywag fechou a quarta perna da Volvo Ocean Race em 17 dias, 4 horas e 30 minutos / Foto: Pedro Martinez/Volvo Ocean Raceeam Sun Hung Kai / Scallywag fechou a quarta perna da Volvo Ocean Race em 17 dias, 4 horas e 30 minutos / Foto: Pedro Martinez/Volvo Ocean Race

Hong Kong - O barco Team Sun Hung Kai / Scallywag foi o vencedor da quarta etapa da Volvo Ocean Race 2017-18, prova disputada entre Melbourne (Austrália) e Hong Kong. A equipe 'da casa' completou, nesta sexta-feira, dia 19 de janeiro, o percurso de quase 6 mil milhas náuticas em 17 dias, 4 horas e 30 minutos.
 
A equipe, comandada pelo australiano David Witt, teve de se superar para ficar com o primeiro lugar e fazer a festa dos fãs locais na chegada. Durante o percurso, a tripulação viveu o drama com a queda do também australiano Alex Gough ao mar após uma manobra. O velejador foi resgatado em poucos minutos sem arranhões e o Team Sun Hung Kai / Scallywag acelerou para fechar em primeiro.
 
''A gente tinha um plano e fizemos o planejado. Algumas vezes dá certo, outras não. Dessa vez deu!'', disse o comandante David Witt. ''Fomos a última equipe a entrar na disputa e leva mais tempo pra gente saber como as coisas funcionam. Todas as equipes precisam de confiança e nessa etapa conseguimos com decisões acertadas. O objetivo é continuar a melhorar".
 
A equipe de Hong Kong acelerou para a vitória após a passagem pela calmaria dos Doldrums. Antes praticamente todas as equipes estiveram na frente por pelo menos algumas horas. Na reta final, o Team Sun Hung Kai / Scallywag adotou o modo invisível para tentar evitar um ataque dos adversários.
 
"Fiquei realmente impressionado com a maneira como corremos nos últimos dois dias. Tivemos uma liderança bastante grande e, em seguida, sem culpa nossa, cerca de dois terços dela perdemos'', contou David Witt.
 
O resultado da etapa quatro deve embolar o campeonato, já que o Dongfeng Race Team deve ser o segundo colocado ainda nesta sexta-feira, dia 19. Com isso, o barco chinês diminuirá em pelo menos três pontos a vantagem do MAPFRE, atualmente o quinto na etapa. Hoje a vantagem espanhola está em seis.
 
Depois de Vestas 11th Hour Racing e Dongfeng Race Team, o próximo a cruzar a linha de chegada será o team AkzoNobel. da brasileira Martine Grael.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook