Velejador da Volvo Ocean Race cai na água, mas é resgatado

Australiano Alex Gough do Sun Hung Kai/Scallywag levou um susto neste domingo (14) / Foto: Konrad Frost/Volvo Ocean RaceAustraliano Alex Gough do Sun Hung Kai/Scallywag levou um susto neste domingo (14) / Foto: Konrad Frost/Volvo Ocean Race

Austrália - A edição 2017-18 da Volvo Ocean Race teve seu momento de maior preocupação até o momento. No último domingo, dia 14 de janeiro, durante a quarta etapa da regata entre Melbourne e Hong Kong, o australiano Alex Gough caiu no mar e foi minutos depois resgatado pela sua tripulação do Sun Hung Kai/Scallywag.
 
O incidente ocorreu durante uma mudança de vela feita pelo barco de Hong Kong, que lidera provisoriamente a etapa quatro. O vento era de 15 a 20 nós.
 
O barco entrou em modo resgate e a ação para colocar Alex Gough a bordo novamente durou sete minutos. "Eu estava no leme quando aconteceu . Fizemos tudo rápido e ele está em segurança agora. Isso mostra como é difícil ver alguém num mar desses. Mesmo num dia de sol. Não gostaria ter fazer isso à noite e com muito vento", disse o comandante David Witt.
 
VEJA O VÍDEO AQUI
 
O velejador que caiu no mar não vestia roupa de segurança, como os coletes normalmente usados em regatas oceânicas. "Eu fui tolo, mas tive sorte de os caras me resgatarem  rapidamente", disse Alex Gough.
 
A manobra de resgate custou alguns minutos e milhas para o barco líder da etapa. O segundo lugar está com o AkzoNibel, da brasileira Martine Grael.
 
Faltam menos de 2 mil milhas para a chegada em Hong Kong. Os barcos devem concluir a Regata em 19 de janeiro.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook