Dongfeng é o primeiro a contornar Santa Ana

Quarta etapa da Volvo Ocean Race segue bastante equilibrada com pelo menos quatro barcos com chances de vitória no trajeto entre Melbourne e Hong Kong / Foto: Martin Keruzore/Volvo Ocean RaceQuarta etapa da Volvo Ocean Race segue bastante equilibrada com pelo menos quatro barcos com chances de vitória no trajeto entre Melbourne e Hong Kong / Foto: Martin Keruzore/Volvo Ocean Race

Austrália - O barco chinês Dongfeng Race Team foi o primeiro a contornar a ilha de Santa Ana, que fica no arquipélago de Salomão, ponto mais a leste da quarta etapa da Volvo Ocean Race. Neste domingo, 7, o time comandado pelo francês Charles Caudrelier abriu pequena vantagem para os adversários MAPFRE, team AkzoNobel e Vestas 11th Hour Racing. A diferença entre eles segue pequena no trajeto entre a australiana Melbourne e Hong Kong.
 
A regata está cada vez mais difícil com os ventos variando de fraca para forte intensidade nas águas da Oceania. Atenção redobrada também para os corais e recifes dessa região. Antes de continuar para norte aproveitando os ventos fracos dos Doldrums, os barcos são obrigados a passar pelo chamado way point de Santa Ana. As próximas 48 horas vão ser um grande desafio.
 
"Nós vamos ter que estar muito atentos", disse Simon Fisher, navegador do Vestas 11th Hour Racing, barco que ocupa a quarta colocação provisória. "Esperamos grandes mudanças nas próximas 24 horas". O MAPFRE, que estava em terceiro, conseguiu passar o AkzoNobel da brasileira Martine Grael.
 
Agora o ataque será contra o Dongfeng Race Team. "Será um progresso lento, mas tivemos uma boa regata até agora", disse Rob Greenhalgh a bordo do MAPFRE. "Será uma prova com poucas nuvens para enfrentar".
 
A previsão de chegada em Hong Kong continua entre 16 e 17 de janeiro. O MAPFRE lidera o campeonato da Volvo Ocean Race.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook