Foi dada largada para a 13º edição da regata mais difícil do mundo

A jornada de 45 mil milhas náuticas contará com 12 paradas em seis continentes diferentes / Foto: DivulgaçãoA jornada de 45 mil milhas náuticas contará com 12 paradas em seis continentes diferentes / Foto: Divulgação

Espanha - Sete barcos partiram nesse domingo (22/10) da cidade de Alicante, na Espanha, com o objetivo conquistar uma das principais provas de vela do planeta, a Volvo Ocean Race. A jornada de 45 mil milhas náuticas contará com 12 paradas em seis continentes diferentes e, pelo terceiro ano seguido, a cidade de Itajaí será a única representante da América Latina.
 
No decorrer de oito meses, as equipes atravessarão quatro oceanos e enfrentarão grandes desafios até alcançarem a linha de chegada, em Haia, na Holanda. Após um dia de regata, o barco norte-americano/dinamarquês da equipe Vestas 11th Hour Racing assumiu a liderança com boa vantagem, no primeiro trecho que será encerrado na capital portuguesa, Lisboa.
 
Para acompanhar a regata em tempo real e as posições das equipes, acesse: www.volvooceanrace.com/en/dashboard.html
 
As equipes - Neste ano, a competição conta com a presença da brasileira campeã olímpica em 2016, Martine Grael, integrante do barco holandês AkzoNobel. A equipe é também formada pelo holandês Simeon Tienpont, o neozelandês Brad Farrand, o australiano Luke Molloy, a caribenha Emily Nagel, o dinamarquês Nicolai Sehested, o português Antonio Fontes e o britânico Ross Monson.
 
A equipe Vestas 11th Hour Racing, que lidera a regada no momento em que passam pelo estreito de Gibraltar, é composta pelos norte-americanos Charlie Enright, Mark Towill e Nick Danna, os australianos Stacey Jackson e Tom Johnson, os britânicos Simon Fisher e Hanna Diamond, o irlandês Damian Foxall e o neozelandês Tony Mutter.
 
A equipe chinesa, Dongfeng Race Team, partiu das docas de Alicante com a tripulação formada pelos franceses Charles Caudrelier, Marie Riou, Jérémie Beyou e Pascal Bidégorry, os neozelandeses Stu Bannatyne e Daryl Wislang, o australiano Jack Boutell, a holandesa Carolijn Brouwer e o chinês Chen Jinhao 'Horace'.
 
Representando o país que recebeu a largada da prova náutica, a Espanha, a equipe MAPFRE, do capitão espanhol Xabi Fernández, conta com uma equipe mista de medalhistas olímpicos e vencedoras da America´s Cup. Junto do capitão estão os espanhóis Willy Altadill, Pablo Arrarte, Joan Vila, Támara Echegoye e Antonio Cuervas-Mons, o britânico Rob Greenhalgh, o australiano Blair Tuke e a neozelandesa Sophie Ciszek.
 
Os velejadores David Witt, Luke Parkinson, Bem Piggott, Alex Gough e Tom Clout da Austrália, Steve Hayles e John Fisher do Reino Unido e a holandesa Annemieke Bes integram a equipe Sun Hung Kai/Scallywag, que tem o objetivo de promover o esporte na Ásia, representando Hong Kong.
 
Com uma equipe mista, focada na juventude, a capitã do time Turn the Tide on Plastic, Dee Caffari, do Reino Unido, contará com os australianos Lucas Chapman e Liz Wardley, o sueco Martin Strömberg, o francês Nicolas Lunven, a irlandesa Annalise Murphy, a italiana Francesca Clapcich, o português Bernardo Freitas, a neozelandesa Bianca Cook e o também britânico Bleddyn Mon.
 
E para fechar a lista de competidores, a Volvo Ocean Race conta com a presença do experiente velejador holandês Bouwe Bekking, que lidera o time das britânicas Annie Lush, Abby Ehler, dos australianos Andrew Cape e Kyle Langford, do neozelandês Peter Burling, do italiano Alberto Bolzan, do argentino Marciel Cicchetti e de Carlo Huisman, também da Holanda.
 
Para conhecer mais sobres as equipes, acesse: http://www.volvooceanrace.com/en/teams.html
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook