Barco de brasileiros tem novo comandante na Volvo Ocean Race

A equipe do Akzonobel anunciou a entrada de Brad Jackson para substituir Simeon Tienpont na função de skipper. Neozelandês já fazia parte da tripulação / Foto: James Blake/Volvo Ocean RaceA equipe do Akzonobel anunciou a entrada de Brad Jackson para substituir Simeon Tienpont na função de skipper. Neozelandês já fazia parte da tripulação / Foto: James Blake/Volvo Ocean Race

Espanha - O team AkzoNobel confirmou, nesta segunda-feira (16), o novo comandante do barco para substituir o holandês Simeon Tienpont, desligado do cargo antes da In-Port Race de Alicante.
 
A função principal a bordo do veleiro dos brasileiros Martine Grael e Joca Signorini será do neozelandês Brad Jackson, de 49 anos. O atleta, que já fazia parte do time, é um dos velejadores mais vitoriosos da história da Volvo Ocean Race. O velejador tem ao todo três títulos e um vice-campeonato em seis participações na Volta ao Mundo.
 
“É um privilégio liderar uma equipe tão talentosa e compromissada, isso inclui velejadores e equipe de terra. Os créditos pela escolha da tripulação ficam para o Simeon Tienpont'', disse Brad Jackson. “Estamos em uma situação difícil desde a saída do Simeon, mas eu estou orgulhoso de todos no AkzoNobel. Todos responderam bem e agora é hora de nos concentrar na regata, que começa em apenas seis dias. Não é a preparação ideal para a regata que esperávamos, mas sei que podemos avançar rapidamente".
 
Brad Jackson e o brasileiro Joca Signorini têm bastante entrosamento. Em 2008-09, os dois integraram o Ericson 4, que foi campeão da Volvo Ocean Race sob o comando do brasileiro Torben Grael. Na última edição, Brad e Joca foram os treinadores do Team SCA, equipe formada apenas por mulheres.
 
A Volvo Ocean Race larga no próximo domingo (22) com sete equipes. Serão oito meses de competição e mais de 45 mil milhas náuticas de regata. Além dos velejadores, o Brasil será um dos 12 países visitados. A cidade de Itajaí (SC) recebe os barcos vindos de Auckland, na Nova Zelândia, na etapa mais difícil e perigosa do evento.
 
Resultados de Brad Jackson na Volvo Ocean Race
 
2011-12  - Puma Ocean Racing powered by Berg (3º lugar)
2008-09 - Ericsson 4 (1º lugar)
2005-06 - ABN AMRO ONE (1º lugar)
2001-02 - Tyco (4º lugar)
1997-98 - Merit Cup (2º lugar)
1993-94 - New Zealand Endeavour (1º lugar)
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook