Brad Jackson vai ser o skipper do team AkzoNobel

Brad Jackson foi confirmado como skipper da equipa holandesa participante na edição de 2017-18 da Volvo Ocean Race, a equipa AkzoNobel vai percorrer 83.000 quilómetros à volta do mundo, na mais dura regata oceânica por equipas / Foto: AkzoNobel trainingBrad Jackson foi confirmado como skipper da equipa holandesa participante na edição de 2017-18 da Volvo Ocean Race, a equipa AkzoNobel vai percorrer 83.000 quilómetros à volta do mundo, na mais dura regata oceânica por equipas / Foto: AkzoNobel training

Espanha - Três vezes vencedor da Volvo Ocean Race, Brad Jackson foi confirmado como skipper da equipa holandesa participante na edição de 2017-18 da Volvo Ocean Race, a equipa AkzoNobel vai percorrer 83.000 quilómetros à volta do mundo, na mais dura regata oceânica por equipas.
 
Aos quarenta e nove anos, natural de Auckland na Nova Zelândia, Brad Jackson está a participar pela sétima vez na Volvo Ocean Race, depois de na edição 2015-16 ter sido o treinador da equipa feminina sueca, Team SCA.
 
Jackson vai assumir a posição de skipper, mantendo também o seu papel de watch captain em conjunto com o brasileiro Joca Signorini, o velejador brasileiro vai participar pela terceira vez na prova, tendo vencido a edição de 2008-09. Brad Jackson foi anunciado depois da recente saída da equipa do Simeon Tienpont.
 
“É um privilégio liderar uma equipa com pessoas tão talentosas e empenhadas como estas - tanto na equipa de mar como na de terra,” disse Jackson. “Os créditos na escola de uma equipa com a qualidade da AkzoNobel, têm que ir para o Simeon Tienpont.”
 
“Tivemos uns momento difíceis após a partida do Simeon, mas estou muito orgulhoso pela forma como todos na equipa AkzoNobel reagiram a este desafio, e agora é o momento de nos focarmos na regata, que começa dentro de seis dias.”
 
“Estou muito agradecido, pelo apoio que recebi de todos os elementos da equipa. Não foi a preparação que esperávamos para a prova, mas sei que vamos recuperar rapidamente e vamos estar prontos no dia da largada.”
 
Além do Joca Signorini, a tripulação do Brad Jackson conta com o britânico Jules Salter (três participações), o australiano participante em 2005-06 Luke Malloy, a campeã olímpica brasileira Martine Grael, o especialista em match racing dinamarquês, Nicolai Sehestead,  o jovem neo-zelândes Brad Farrand, e a jovem das Bermudas, Emily Nagel - a mais jovem participante feminina nesta edição da prova.
 
Tripulação do Team AkzoNobel:
 
Brad Jackson (NZL) – skipper
Brad Farrand (NZL) – proa, sail trimmer
Martine Grael (BRA) – sail trimmer
Luke Molloy (AUS) – leme, sail trimmer
Emily Nagel (BER) – sail trimmer
Jules Salter (GBR) – navegador
Nicolai Sehested (DEN) – boat captain, leme, sail trimmer
Joca Signorini (BRA) – watch captain, leme,  sail trimmer
 
Perfil do Brad Jackson
 
Participações na Volvo Ocean Race: 
2014-15: Team SCA - diretor e treinador
2011-12: Puma Ocean Racing powered by Berg – 3º
2008-09: Ericsson 4 – 1º
2005-06: ABN AMRO 1 – 1º
2001-02: Team Tyco – 4º
1997-98: (Whitbread Race) Merit Cup - 2º
1993-94: (Whitbread Race) New Zealand Endeavour – 10
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook