Pedro Solberg/Guto e Alison/Bruno Schmidt sobem ao pódio na Croácia

Ouro e Bronze / Foto: Divulgação/FIVBOuro e Bronze / Foto: Divulgação/FIVB

Croácia - Mais uma vez o Brasil fez história no Circuito Mundial de vôlei de praia. Pedro Solberg e Guto saíram do country quota para conquistarem a medalha de ouro do Major Series de Porec, na manhã deste domingo, dia 2, ao vencerem os italianos Nicolai e Lupo por 2 sets a 1 (18/21, 25/23, 15/9).
 
De quebra, os campeões olímpicos Alison e Bruno Schmidt venceram os russos Stoyanovskiy e Yarzutkin por 2 sets a 0 (21/15, 21/18), ficando com o bronze e fechando o pódio na Croácia.
 
É a terceira vez que uma equipe sai do country quota para conquistar o título de uma etapa. E a segunda dentro da família Solberg. Antes, a irmã de Pedro Solberg, Carolina, conseguiu a mesma proeza ao lado de Maria Elisa, vencendo a etapa da Holanda do tour em 2017. A outra equipe foi de April Ross e Jennifer Kessey, dos EUA, em 2007, na etapa da Noruega.
 
Pedro Solberg comemorou a superação do time, que perdeu o primeiro set da decisão e não se abateu. O bloqueador carioca também elogiou muito o jovem parceiro Guto. “Apenas disse ao Guto que estávamos jogando bem, que não desistíssemos. Ele estava jogando muito bem e pedi que lutássemos até o final, deixássemos tudo que temos em quadra. Eles estavam melhores do que nós na partida, mas trabalhamos juntos até o final, lutamos muito por cada ponto”, declarou Pedro.
 
Guto também comentou a conquista da medalha de ouro em Porec e a felicidade pelo primeiro título internacional da parceria. Ao final o defensor desabou na areia e se emocionou demais. "Passou muita coisa na cabeça, todo caminho que tivemos que percorrer, desde o country quota, superando o fato de termos jogados mais vezes. Algumas pessoas tiveram dúvidas sobre nossa equipe após o início do Circuito Mundial, pois não vínhamos alcançando as semifinais. Mas estamos juntos até o final, mostramos essa união hoje", declarou o carioca.
 
No feminino, Fernanda Berti e Bárbara Seixas terminaram na quarta colocação. A parceria acabou superada duas vezes no sábado, dia 1º, para canadenses e suíças, mas saiu com pontos importantes para o ranking e foi a melhor dupla brasileira na etapa. No total, o Brasil contou com cinco duplas femininas em Porec. Larissa e Talita ficaram na quinta colocação, Elize Maia/Taiana terminaram em nono lugar, Ágatha/Duda em 17º e Josi/Lili caíram na fase de grupos.
 
Brasil no Circuito Mundial 2017
 
Etapa Fort Lauderdale (EUA) - 5 estrelas
Álvaro Filho/Saymon - ouro
Larissa/Talita - ouro
Evandro/André Stein - prata
Ágatha/Duda - prata
 
Etapa Xiamen (China) - 3 estrelas
Fernanda Berti/Bárbara Seixas - ouro
 
Etapa Rio de Janeiro (Brasil) - 4 estrelas
Alison/Bruno Schmidt - ouro
Ágatha/Duda - ouro
 
Etapa Moscou (Rússia) - 3 estrelas
Larissa/Talita - ouro
Ágatha/Duda – bronze
 
Etapa Haia (Holanda) – 3 estrelas
Maria Elisa/Carol Solberg – ouro
Ágatha/Duda – bronze
 
Etapa Mônaco (Mônaco) – 1 estrela
Julian/Carol Horta - ouro
 
Etapa Porec (Croácia) - 5 estrelas
Pedro Solberg/Guto - ouro
Alison/Bruno Schmidt - bronze
 
Todos os campeões na Croácia
 
Zagreb (2005) - Fábio Luiz/Márcio Araújo (BRA)
Zagreb (2006) - Ricardo/Emanuel (BRA)
Zagreb (2007) - Kristjan Kais/Rivo Vesik (EST)
Zagreb (2008) - Nummerdor/Schuil (HOL)
Porec (2015) - Brouwer/Meeuwsen (HOL) e Larissa/Talita (BRA)
Porec (2016) - Alison/Bruno Schmidt (BRA) e Laboureur/Sude (ALE)
Porec (2017) - Pedro Solberg/Guto (BRA) e Sarah Pavan/Melissa Paredes (CAN)
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook