Alison/Bruno, Álvaro/Saymon e Pedro Solberg/Guto avançam às oitavas no RJ

Circuito Mundial / Foto: Daniel Zappe/MPIX/CBVCircuito Mundial / Foto: Daniel Zappe/MPIX/CBV

Rio de Janeiro - Três das cinco duplas brasileiras do torneio masculino já conquistaram vaga nas oitavas de final nesta quinta-feira, dia 18, na etapa do Rio de Janeiro do Circuito Mundial 2017. Alison/Bruno Schmidt, Álvaro Filho/Saymon e Pedro Solberg/Guto venceram dois jogos seguidos e avançam às oitavas.
 
Já Evandro/André Stein e Oscar/Hevaldo perderam na estreia, mas seguem com chances de avançar no torneio. Nesta sexta-feira, dia 19, ocorrem os jogos do complemento da fase de grupos, da repescagem e das oitavas de final do torneio masculino. Tudo com entrada franca na arena de tênis do Parque Olímpico.
 
Alison e Bruno venceram dois jogos em sets diretos, contra israelenses e italianos, conquistando a liderança do grupo B. Após as vitórias, o ‘Mamute’ comentou a evolução da parceria, que vem do título do SuperPraia e vice no Circuito Brasileiro. "Estamos bem motivados desde o início do ano e começando a atingir o ponto esperado. O jogo está saindo, sendo que a nossa meta é o Campeonato Mundial, no final de julho. Tivemos jogos difíceis, mas fizemos a tarefa de casa, fechando o dia com duas vitórias".
 
Pedro Solberg e Guto também tiveram dois bons jogos, superando os austríacos Winter e Seidl, e os poloneses Prudel/Kujawiak, ambos em sets diretos, e liderando no grupo E. "Foi um bom começo, mas o que a gente fez hoje (quinta-feira) não serve para amanhã. A batalha é dura e vamos manter a concentração ao máximo", analisou Pedro Solberg.
 
Outra dupla 100% na competição é a dos atuais campeões brasileiros Álvaro Filho e Saymon. Eles conquistaram vitórias sobre os franceses Krou/Aye, por 2 sets a 1, e em sets diretos sobre os norte-americanos Hyden/Doherty. Vaga antecipada às oitavas e liderança do grupo A para a parceria formada no meio de 2016. "Tivemos uma estreia difícil, mas conseguimos mudar a estratégia e vencer. Estamos buscando sempre dar força um ao outro e ouvir nossa comissão técnica. O evento está muito bonito, estamos jogando com alegria", declarou Saymon.
 
Oscar e Hevaldo, que perderam na estreia para os campeões mundiais de 2013, os holandeses Brouwer e Meeuwsen, por 2 sets a 1, encaram nesta sexta os canadenses Plantinga e O’Gorman em busca da terceira colocação no grupo D e vaga na repescagem.
 
Mesma situação vivem Evandro e André Stein, que caíram para os austríacos Huber e Horl por 2 a 0 na estreia. Eles duelam nesta sexta contra Fijalek e Bryl pelo terceiro lugar da chave C e para avançarem à repescagem, seguindo em busca de medalhas.

 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook