Atletas paranaenses disputam segunda etapa da Copa Triathlon Brasil

Alice Forti Tinelli / Foto: DivulgaçãoAlice Forti Tinelli / Foto: Divulgação

Santa Catarina - Os atletas da Seleção Escolinha de Triathlon Alto Rendimento estão prontos para encarar mais um grande desafio de nível nacional. A segunda etapa da Copa Triathlon Brasil leva a Florianópolis alguns dos principais triatletas da elite brasileira. A competição vale pontos importantes no ranking nacional e a chance de classificação para os campeonatos mundiais da ITU.
 
A prova será realizada na praia de Jurerê na distância sprint, com 750m de natação, 20km de ciclismo e 5km de corrida. Gabrielle Estefany Lemes e Alice Forti Tinelli chegam embaladas pela dobradinha no pódio da categoria Júnior na etapa de abertura em Salvador, com ouro e prata, respectivamente.
 
Para elas e para Pedro Henrique Boff, a disputa servirá como um importante teste para a seletiva da Confederação Americana de Triathlon no Equador, em julho. Além deles, a Seleção Escolinha contará com outros quatro atletas: Maria Fernanda Forti Tinelli, Pedro Henrique Gomes, Matheus Oliveira Martinhaki e Renan Antônio Portela.
 
"Os atletas da seleção de alto rendimento vêm treinando forte, com o intuito de obter cada vez mais bons resultados. Estão treinando corretamente com estrutura e rotina de treinamento bem elaborada pelos seus técnicos", avalia o coordenador do projeto, Ricardo Júnior Cardoso.
 
Desafio em dobro - Os atletas terão em Florianópolis a companhia de outros três integrantes da Seleção Escolinha de Triathlon Alto Rendimento. Adam Precybilovicz (ouro em 2016 e 2017), Cauã Diniz (prata em 2017) e Henrique Mendes (prata e bronze em 2017, bronze em 2015), todos com 14 anos, querem se despedir com chave de ouro do Campeonato Brasileiro de Triathlon Infantil, principal competição nacional das categorias de base da modalidade, que será realizado em paralelo à Copa Triathlon Brasil.
 
Para muitos atletas, é a primeira oportunidade de disputar uma prova de nível nacional, com adversários de outros estados, enquanto outros, já veteranos, estão em busca de novas medalhas. "Teremos muitos estreantes e com certeza teremos boas surpresas", destaca o coordenador Ricardo Júnior Cardoso.
 
Entre eles, três atletas querem se despedir do Brasileiro Infantil com ouro: Adam Precybilovicz (ouro em 2016 e 2017), Cauã Diniz (prata em 2017) e Henrique Mendes (prata e bronze em 2017, bronze em 2015). Além deles, também devem se destacar na prova os irmãos Miguel e João Vítor Mazorca, cada um com uma medalha de prata em 2017, Jennifer Antunes e Laís Diniz.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook