Aluna da Escolinha de Triathlon participa de intercâmbio em Portugal

Gabrielle Lemes foi convidada pela CBTri com apoio do COB para treinamento intensivo em Rio Maior, base do alto rendimento / Foto: Aline Bassi/Balaio de IdeiasGabrielle Lemes foi convidada pela CBTri com apoio do COB para treinamento intensivo em Rio Maior, base do alto rendimento / Foto: Aline Bassi/Balaio de Ideias

Portugal - O natal está chegando mas a Escolinha de Triathlon Formando Campeões ganhou um presente antecipado. Um dos principais talentos descobertos no projeto, Gabrielle Lemes foi convidada pela Confederação Brasileira da Triathlon (CBTri) para um Camp de Treinamento em Rio Maior, em Portugal. A jovem de 15 anos embarca nesta quarta-feira (13) e ficará 10 dias em treinamento intensivo.
 
O objetivo do Camp, que tem apoio do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), é proporcionar a troca de experiências com triatletas de várias seleções júnior e sub23, como Escócia, Itália e, claro, Portugal, buscando o aperfeiçoamento das categorias de base do triathlon nacional. O convite veio para coroar uma temporada repleta de conquistas da jovem, que contou, por exemplo, com a inédita medalha de Bronze para o Brasil nos Jogos Sul-Americanos da Juventude, o primeiro lugar geral feminino no Brasileiro de Duathlon 2018, o título de categoria da Copa Brasil de Sprint Triathlon, entre outros resultados. 
 
“A Gabi é realmente uma triatleta que vêm nos surpreendendo. Há 3 anos, quando iniciou no triathlon, não sabia nem andar de bicicleta, era uma garota sedentária, mas se dedicou de corpo e alma nos treinamentos, buscou melhorar e hoje é uma das grandes revelações da modalidade, com resultados expressivos e muito potencial para ser explorado. É um orgulho muito grande ver que o projeto conseguiu lapidar e desenvolver esse talento”, destacou Ricardo Junior Cardoso, treinador e coordenador do projeto, que também irá acompanhar a atleta e o jovem Miguel Hidalgo, outro talento da nova geração, no intercâmbio.
 
Desde maio de 2015, o Colégio da Polícia Militar do Paraná é a base do projeto, que recebe atualmente 60 alunos da rede pública de ensino, visando inserí-los em um dos esportes ao ar livre que mais vem se popularizando nos últimos tempos. As crianças contam com todos os equipamentos necessários e são treinadas por especialistas na modalidade. As atividades respeitam a grade escolar e faixa etária de cada atleta mirim.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook