Alunos da Escolinha de Triathlon ganham novas experiências no Infantil em Caiobá

Projeto que está há 3 anos inserindo jovens na modalidade também ajuda a revelar novos talentos / Foto: Gustavo Luís ZanonProjeto que está há 3 anos inserindo jovens na modalidade também ajuda a revelar novos talentos / Foto: Gustavo Luís Zanon

Paraná - O Campeonato Brasileiro Infantil, principal evento das categorias de base da modalidade, disputado neste domingo (12) em Caiobá (PR), foi recheado de lições para os alunos da Escolinha de Triathlon Formando Campeões.
 
Enquanto os jovens mais experientes do projeto, que está em seu terceiro ano de execução, buscavam por um lugar no pódio, outra turminha, que iniciou na modalidade há apenas alguns meses, vivenciava pela primeira vez as emoções de competir em um evento de alto nível com a participação de mais de 120 atletas de 11 estados!
 
Foi o caso de Rafaela Ferreira Mateus, de 11 anos. “Gostei muito, meu pai dá aulas de triathlon, sempre tive curiosidade de fazer e nesse ano comecei a praticar. Fiz outras 2 provas, mas esse foi meu primeiro brasileiro. Não subi ao pódio, mas foi bem divertido.”
 
Já os mais velhos da equipe mostraram mais uma vez porque a Escolinha é uma dos principais descobridores de talentos da modalidade. Destaque para Adam Precybilovicz, que pela segunda vez consecutiva sagrou-se campeão brasileiro infantil, sendo este ano na categoria 12 anos, que teve ainda João Vitor Mazorca em segundo lugar. Quem também subiu ao pódio foi Cauã Diniz e Henrique Mendes, prata e bronze, respectivamente, na categoria 13 anos. 
 
“Foi um bom dia. Os mais velhos mostraram uma boa evolução. O Cauã antigamente ficava bem atras, agora só precisa melhorar um pouquinho na corrida, ele ficou a apenas 5 segundos do vencedor, e o Henrique fez uma prova de superação, estava em oitavo no início e conseguiu alcançar o terceiro lugar em uma prova que foi bem disputada. Para os pequenos ficou mesmo a lição de superar desafios, para muitos foi o primeiro campeonato do qual participaram, alguns começaram a nadar apenas em agosto e já encarar o mar em um torneio nacional foi realmente uma lição”, destacou Ricardo Junior Cardoso, coordenador do projeto.
 
Desde maio de 2015, o Colégio da Polícia Militar do Paraná é a base do projeto, que recebe atualmente 60 alunos da rede pública de ensino, visando inserí-los em um dos esportes ao ar livre que mais vem se popularizando nos últimos tempos. As crianças contam com todos os equipamentos necessários e são treinadas por especialistas na modalidade. As atividades respeitam a grade escolar e faixa etária de cada atleta mirim.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook