Reinaldo Colucci busca pódio no Ironman 70.3 de Buenos Aires

E-mail Imprimir

Será a primeira vez que o triatleta paulista do Shimano Sports Team disputa na Argentina uma das etapas do tradicional circuito de triathlon de longa distância / Foto: Fábio Falconi/Unlimited SportsSerá a primeira vez que o triatleta paulista do Shimano Sports Team disputa na Argentina uma das etapas do tradicional circuito de triathlon de longa distância / Foto: Fábio Falconi/Unlimited Sports

Buenos Aires - O triatleta Reinaldo Colucci (SESI/Scott) embarca para a Argentina neste fim de semana, onde disputará mais um importante desafio em sua carreira, o Ironman 70.3 de Buenos Aires.
 
Atual campeão do Ironman 70.3 do Rio de Janeiro, Colucci tem ainda em seu currículo o tetra em Pucón (2008/2010/2013/2014), no Chile, o título da edição de 2008 de Cingapura, e dois vice-campeonatos do Ironman Brasil (2007/2009), em Florianópolis. Neste domingo (12), na cidade de Tigre, município a pouco mais de 30 km da capital argentina, Colucci vai em busca de um lugar no pódio da elite masculina.
 
"Será a primeira vez que disputo o Ironman 70.3 de Buenos Aires. Este é apenas o segundo ano em que a cidade recebe a prova, com características de ter um percurso plano. Na natação acredito que não haverá necessidade de usar a roupa de borracha e o ciclismo será composto por um circuito de aproximadamente 22 km, com quatro voltas", conta Reinaldo Colucci. "Será uma prova bem rápida, por isso espero me posicionar bem no pelotão já na natação, permanecer junto deles no ciclismo e ver como será definido na corrida", completa o triatleta de Ribeirão Preto (SP).
 
Na natação, o percurso de 1,9 km será realizado nas águas do Puerto Canoas, enquanto o circuito de pouco mais de 22 km do ciclismo estará ligando as avenidas Camino de los Remeros e Boulevard de Todos los Santos. Por fim, os triatletas vão encerrar a prova correndo 21 km em uma área residencial da província argentina. "Estou bem fisicamente. Será a prova mais importante até agora no meu calendário de 2017. Terá suma importância porque vale 750 pontos no ranking do Campeonato Mundial de Kona,em outubro, no Havaí. Espero chegar no top 5, o que me ajudaria muito no objetivo de me classificar para o Mundial", revela o atleta Shimano.
 
"A prova está com um nível altíssimo de competidores, com nomes importantes do cenário mundial. Entre os brasileiros, estão também confirmados Santiago Ascenço, Marcus Fernandes e Igor Amorelli, todos eles já venceram um Ironman 70.30 ao redor do mundo, e também estrangeiros como o canadense Lionel Sanders, que tem o recorde mundial de Ironman, e o norte-americano Ben Hoffman, segundo colocado no Mundial do Havaí três anos atrás", avalia Colucci, que terá sua bike de Scott Plasma 5 equipada com o grupo Shimano Dura Ace Di2, além de usar o capacete Lazer e rodas PRO Bikegear, ambas marcas da Shimano.
 
50º Circuito da Boa Vista - O ciclista Gideoni Monteiro (Indaiatuba/Shimano/HTPro Nutrition) disputa neste fim de semana mais uma competição do ranking CBC (Confederação Brasileira de Ciclismo), visando a manutenção do ritmo de provas para os principais desafios em sua temporada. Gideoni estará em Joinville (SC) para o 50º Circuito da Boa Vista Tupy. A largada da elite será no domingo, às 11h, com um percurso de 88 km. O ciclista competirá ao lado de seus companheiros de equipe Adi Indaiatuba/Shimano/HTPro Nutrition, Armando Camargo, Endrigo Pereira e Adriano Groff.
 
"Estou bem animado para competir em Santa Catarina, porque venho em uma boa sequência de competições. Treinei firme para esta que é uma prova clássica do ranking brasileiro. Nos preparamos para entrar em busca da vitória e estamos bastante focados nisso. Claro que, se garantirmos um lugar no pódio, não seria um mau resultado, mas o foco está sempre em ser o primeiro colocado, para representar bem minha equipe e as marcas que me patrocinam", destaca Gideoni.
 
Shimano Sports Team 2017 - Assim como diversas marcas do segmento esportivo, a Shimano apoiou e patrocinou inúmeros atletas com foco nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Terminada a Rio 2016, a marca japonesa continua apostando no fortalecimento do ciclismo no Brasil com a ampliação do número de atletas apoiados. São eles:
 
No MTB cross country, Wolfgang Soares e Sherman Trezza (Caloi Elite Team); Mario Veríssimo, Karen Olímpio, Kennedi Lago e Luiz Renato (Team OGGI/ISAPA); Rubens Donizete, Guilherme Muller e Mario Couto (Sense Factory Racing); Daniel Grossi e Isabella Lacerda (Team Groove); Ricardo Pscheidt e Adriana Nascimento (Trek Factory Racing); Jefferson Batista, João Pedro Firmeza e Danielle Moraes (AVA Project). No downhill, Lucas Borba (Audax); No ciclismo de estrada: Flavia Oliveira (Specialized) e Gideoni Monteiro (Indaiatuba/HTPro Nutrition/Força Aérea Brasileira); No BMX: Priscilla Stevaux (Caixa/Shimano) e Renato Rezende (Team Nissan). E, no triathlon: Laura Mira (Team OGGI/ISAPA); Clara Guimarães Carvalho (Sense Factory Racing); Sabrina Gobbo (Trek Factory Racing) e Reinaldo Colucci (SESI/Scott).
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Copa Brasil de Vela

Confira os melhores momentos da Copa Brasil 

 

 

 
Rip Curl Grom Search 2017

Maresias - Confira tudo o que rolou na grande final

Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook