Cavendish mostra porque é o mais rápido do mundo

Cavendish pedala e alcança 1º lugar / Foto: Divulgação / Tour de FranceCavendish pedala e alcança 1º lugar / Foto: Divulgação / Tour de FranceBélgica - O britânico Mark Cavendish foi o grande vencedor da segunda etapa do Tour de France 2012, disputado nessa segunda-feira, dia 02 de Julho, entre as cidades de Visé e Tournai. Depois do prólogo e de duas etapas disputadas, o suíço Fabian Cancellara continua vestindo a camiseta amarela, dada ao líder da classificação geral da competição.

 

 

A segunda etapa do Tour de France começou exatamente as 12h38. Um total de 198 ciclistas largaram da cidade de Visé, na Bélgica, em direção a Tornai, no norte da França. O objetivo do pelotão era percorrer os 207.5km do percurso, que tem um total de 3 mil 497 quilômetros.

O Francês Anthony Roux (FDJ), seguido pelo dinamarquês Michael Morkov (STB) e por Christophe Kern (EUC), também da França, foram os primeiros que tentaram uma fuga. Chegaram a abrir mais de 2 minutos de vantagem para o pelotão. Após 45km de corrida, as equipes Lotto-Belisol, Orica-GreenEdge e Argos-Shimano mandaram cada uma, um piloto para a frente do grupo para poder alternar e limitar os ganhos e tentar controlar a etapa que era dominada pelo trio.

Na subida dos paralelepípedos, Roux pedalou todo o caminho com sua mão esquerda desgrudada do guidão (após ter se machucado na etapa de domingo). A esquadra Lotto-Belisol tinha três pilotos na frente do grupo, ainda atrás dos três líderes. Apenas a Lotto, Orica e Argos tinham ciclistas à frente do pelotão.

Kern liderou a fuga no Sprint Intermediário e conseguiu conquistar 20 pontos. O pelotão continuava 2 minutos atrás dos "foragidos". Roux atacou seus companheiros de fuga faltando 31 quilômetros para o final da etapa. Logo depois do ataque, Morkov e Kern foram alcançados pelo resto do grupo. Naquela hora, a vantagem do ciclista da FDJ era de apenas 45 segundos. Ele foi valente, não desistiu da vitória. Mas o esforço foi em vão. Roux foi alcançado a 14 quilômetros da linha de chegada. Por seus esforços, acabou premiado com o ‘Espírito de Luta’ (Fighting Spirit), um prêmio dado por esforço pela organização do Tour de France.

Cavendish vem lá de trás para ganhar pela 21ª vez - Faltando 10Km, a Rabobank e Lampre foram para frente do pelotão. No entanto foi a Lotto-Belisol que dominou a finalização. Greg Henderson liderou o grupo que brigava pela vitória e tinha tudo para vencer, mas o alemão, que estava perfeitamente posicionado, não conseguiu frear o ciclista mais rápido do mundo. O mestre do sprint, Mark Cavendish, arrancou e cruzou a linha de chegada meia roda na frente de Greg, que teve que se contentar com o segundo lugar. Fabian Cancellara terminou na 44ª posição, no meio do pelotão principal, com o mesmo tempo do vencedor. Com o resultado, o suíço vai vestir a camiseta amarela pelo terceiro dia consecutivo.  

 A 99ª edição da Volta da França vai percorrer 3 mil 497 quilômetros. Durante o percurso, os ciclistas deixam a província de Liege, no Norte da França e descem até o Sul do país e retornam para Paris. Além do prólogo, a competição contará com  20 etapas, que serão disputadas até o dia 22 de Julho, quando o grande vencedor deverá cruzar a linha de chegada no Champs-Elysées.

 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Curta - EA no Facebook