Christopher Froome confirma favoritismo e vence o Tour de France 2013

 O britânico Christopher Froome, da equipe Sky, confirmou o favoritismo e venceu a edição 2013 do Tour de France / Foto: Divulgação / Tour de France O britânico Christopher Froome, da equipe Sky, confirmou o favoritismo e venceu a edição 2013 do Tour de France / Foto: Divulgação / Tour de France

França - O britânico Christopher Froome, da equipe Sky, confirmou o favoritismo e venceu a edição 2013 do Tour de France, encerrada no domingo, dia 21 de Julho, no Champs-Élysées. 
Depois de assumir a camiseta amarela na 8ª etapa da competição, o queniano, criado na África do Sul e naturalizado britânico em 2008, não tomou conhecimento dos adversários. Com até certa folga, ele completou os  3 mil 404 quilômetros do percurso da edição 2013 da Volta da França em 83 horas 56 minutos e 40 segundos, com 4 minutos e 20 segundos de vantagem para o segundo colocado na classificação geral, o colombiano Nairo Quintana, da Movistar. O espanhol Joaquin Rodriguez, da Katusha, ficou a 5 minutos e 47 segundos do campeão e terminou o Tour de France em terceiro. 
 
Depois de cruzar a linha de chegada, em Paris, no tradicional e conhecido ponto de encontro que todos os anos é palco da grande final do Tour de France, o Champs-Élysées, Chris Froome afirmou que "a palavra felicidade não seria suficientemente forte para expressar" o que ele estava sentindo "Acho que vou precisar de mais tempo para dar conta de que este sonho é real", disse o ciclista da Sky.
 
Froome disse que "a chegada noturna, na última etapa, tornou a 100 ª edição da Volta da França perfeita". O vencedor revelou que teve dúvidas durante todas as etapas do Tour de France sobre a conquista do título e por causa disso estabeleceu "objetivos" para "poder chegar ao final". Froome revelou ainda que é "lógico" que está triste por causa dos inúmeros casos de doping, "devido a todo o passado recente da modalidade" e chegou  a apelar para sua "limpeza". O ciclista  britânico foi submetido ao controle de doping na Volta da França 2013 e ao ser questionado sobre o uso de substâncias proibidas ele disparou: "Estou há meses longe de casa, treinando duro para chegar ate aqui, e sou acusado de trapaceiro e mentiroso?" . Vale lembrar que em 1999, também durante uma etapa do Tour de France, Lance Armstrong usou exatamente a mesma frase para se defender de pessoas que o acusavam de doping. No início desse ano, o norte-americano confirmou que realmente estava dopado durante a disputa da prova. 
 
Durante 23 dias os ciclistas mais experientes e respeitados do mundo disputaram sete etapas planas, cinco etapas de montanhas, quatro etapas de montanhas com final plano, duas etapas de contrarrelógio individual e uma etapa de contrarrelógio por equipes. Durante esse tempo, os atletas tiveram apenas dois dias de descanso para completar o percurso. Onze equipes foram inscritas oficialmente no Tour de France 2013 e cada uma delas contou com 9 atletas.  A equipe Saxo-Tinkoff, de  Alberto Contador, foi a grande vencedora.
 
Brasileiro - O catarinense Murilo Fisher completou a edição 2013 do Tour de France na 133ª colocação, ao completar o percurso em 87 horas 34 minutos e 28 segundos. O brasileiro foi muito bem na última etapa da competição e cruzou a linha de chegada na 10ª posição, para delírio dos brasileiros que acompanhavam o final da prova no Champs-Élysées. Ele cruzou a linha de chegada com o mesmo tempo do vencedor, o alemão Marcel Kittel. 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook