Próximo do fim, Tour de France tem britânico como líder isolado

Espanhol venceu 17ª etapa / Foto: Divulgação / Tour de FranceEspanhol venceu 17ª etapa / Foto: Divulgação / Tour de France

França - A 17ª etapa do Tour de France surpreendeu quem esperava mais uma vitória do inglês Bradley Wiggins, líder desde a 6ª etapa da prova. Na disputa desta quinta-feira, o espanhol Alejandro Valverde, da Movistar Team, superou o inglês e outros rivais de peso para cruzar em primeiro, com um tempo total de 4h12min11s. A etapa foi disputada em um percurso de 143,5 quilômetros, entre as cidades de Bagnères-de-Luchon e Peyragudes. 
 
Wiggins ficou 19 segundos atrás do espanhol, em terceiro lugar, mas manteve a liderança folgada no ranking geral do Tour, com um tempo total de 78h28min02s. O ciclista da Sky Procycling tem tudo para conquistar pela primeira vez o título da principai disputa do ciclismo mundial para o seu país. A última etapa, no domingo, terá como chegada a mais conhecida avenida francesa, a Champs-Élysées, em Paris.
 
O inglês tem como principal adversário o compatriota Christopher Froome, também companheiro de equipe. Mas o segundo colocado está 2min05s atrás, o que é muito para uma possível mudança no ranking. Se Wiggins mantiver o ritmo até domingo, dificilmente deixará escapar o título. 
 
As últimas etapas do Tour foram marcadas por destaques de outros corredores. A 16ª etapa, disputada na quarta-feira, teve como vencedor o francês Thomas Voeckler, da Europcar, que se mostrou um ótimo montanhista e deixou para trás o segundo colocado Cris Anker Sorensen, da Saxo Bank. O dinamarquês cruzou a linha de chegada apenas 1min40s depoois que Voeckler.
 
Já a 15ª etapa foi palco para um veterano se destacar. O francês Pierrick Fedrigo, da FDJ-BigMat, achou força no sprint final para superar o norte-americano Christian Vandevelde, da Garmin-Sharp e vencer a etapa. Fedrigo, de 33 anos, já participou outras sete vezes da principal disputa do ciclismo do mundo.
 
O atual campeão da prova, Cadel Evans, não tem conseguido manter a consistência que o fez vencer em 2011. Na 14ª etapa, por exemplo, sofreu com falhas da equipe e pneus furados. A demora para que sua equipe, a BMC, chegasse para consertar os pneus foi agonizante para quem acompanhava a prova. Com isso, após 17 etapas, Evans está muito distante do bicampeonato, já que está na 6ª posição no ranking geral do Tour, a quase 10 minutos de Wiggins.
 
Confira a classificação geral do Tour de France, após 17 etapas:
 
1. Bradley Wiggins (GBR/Sky) - 78h28min02s
2. Christopher Froome (GBR/Sky) - a 2min05s
3. Vincenzo Nibali (ITA/Liquigas) - a 2min41s
4. Jurgen Van den Broeck (BEL/Lotto) - a 5min53s
5. Tejay Van Garderen (USA/BMC) - a 8min30s
6. Cadel Evans (AUS/BMC) - a 9min57s
7. Haimar Zulbeldia (ESP/RadioShack) - a 10min11s
8. Pierre Rolland (FRA/Europcar) - a 10min17s
9. Janez Brajkovic (SLO/Astana) - a 11min
10. Thibaut Pinot (FRA/Bigmat) - a 11min46s

 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

 

 

 
Mascotes

Curta - EA no Facebook