Ginga lidera a Rolex Ilhabela Sailing Week na classe HPE 25

 Ginga, na frente na HPE / Foto: Aline Bassi/Balaio Ginga, na frente na HPE / Foto: Aline Bassi/Balaio

Ilhabela - O segundo dia de regatas da Rolex Ilhabela Sailing Week foi marcado por ventos fortes e chuva. Mesmo assim a classe HPE 25 foi para a água para a disputa das duas primeiras regatas barla-sota. Após vencer as duas, o Ginga, de Breno Chvaicer, é o líder. “Estamos muito contentes com o dia hoje, mas é só o começo. Ainda não dá para comemorar, mas com certeza vamos dormir felizes”, disse Juan de La Fuente, regulador de velas do Ginga.
 
A largada da primeira regata foi dada pontualmente às 12h. Os velejadores sofreram com o vento que chegou a 20 nós (36 km/h) e com as ondas. A chuva deixou o dia ainda mais frio, mas nada que desanimasse a flotilha de 24 barcos. Já na segunda regata o vento diminuiu um pouco e um arco-íris deu um pouco de cor à área de regata. Ainda assim muitas equipes se atrapalharam nas manobras e com isso a troca de posições foi constante.
 
Apesar de ter tido uma largada ruim na primeira regata e ser penalizado por conta de um incidente com outro barco, o Fit to Fly, de Eduardo Mangabeira, terminou o dia na segunda colocação. O timoneiro Henrique Haddad, mesmo contente com a colocação, ficou bastante chateado. “O dia estava ótimo para velejar. Infelizmente tomamos um pênalti erroneamente e acabamos sendo prejudicados. Mas amanhã é outro dia e vamos nos recuperar”, disse ele, que na semana passada venceu o Mundial Militar de Vela, disputado na Noruega.
 
Rique Wanderley, do Bond Girl/Jimny, acabou o dia na terceira colocação e ficou satisfeito com o resultado. “Velejamos direitinho, não tivemos problema com manobras apesar do vento forte. Estou bem feliz com o resultado de hoje.” Para esta quarta-feira estão programadas mais duas regatas. O vento deverá diminuir um pouco e o sol voltará a brilhar.