Jogos empolgantes marcam a segunda rodada da Liga Nacional

Competição inédita teve quatro partidas nesta sexta-feira (01) e sábado (02). Com duas vitórias, Sesi SP e Fluminense lideram o certame / Foto: Divulgação/PABCompetição inédita teve quatro partidas nesta sexta-feira (01) e sábado (02). Com duas vitórias, Sesi SP e Fluminense lideram o certame / Foto: Divulgação/PAB

São Paulo - Principal competição de clubes do Brasil, a Liga Nacional de Polo Aquático teve sequência neste final de semana, com partidas eletrizantes e muitos gols, mostrando que a modalidade vive um momento de forte crescimento.
 
Na abertura da rodada, na sexta-feira (01), Paulistano e Pinheiros fizeram um clássico paulista de muito equilibrío, resultando no primeiro empate do certame em 11 a 11 no placar. Neste sábado (02), ocorreram os outros três jogos da rodada.
 
Em Santos, no litoral paulista, a reformulada equipe do Internacional de Regatas, do técnico Duda, não resistiu a força do Botafogo, do técnico Ângelo Coelho, que venceu o confronto por 18 a 5. Já no Rio de Janeiro, duas partidas distintas. Na piscina do Fluminense, os donos da casa não tiveram muito trabalho para superarem o Paulistano por 13 a 4, enquanto no bairro da Gávea, o Sesi SP conseguiu uma importante vitória frente ao Flamengo por 8 a 5, assumindo a liderança do torneio, ao lado do Fluminense, com quatro pontos ganhos.
 
Agora, as atenções se voltam para a próxima rodada, com a estreia da Associação Bauruense de Desportes Aquáticos (ABDA) na competição. O primeiro confronto do time de Bauru ocorre na próxima terça-feira (dia 05), às 20h45, contra o Pinheiros na capital paulista. Na sequência, na quarta-feira (dia 06), às 20 horas, os atletas do interior paulista caem novamente na piscina para enfrentarem o time do Paulistano.
 
No encerramento da rodada, ainda na quarta-feira, O Paineiras do técnico Léo Vergara enfrenta o Sesi SP, do técnico André Avallone. Para o presidente da PAB, George Sanches, a competição começa a dar mostras da sua importância com jogos de muita intensidade. "Percebemos a motivação dos atletas, técnicos e dirigentes, afinal de contas é a primeira vez que a modalidade consegue ter um torneio de maior duração. Quem ganha é a modalidade que, certamente, crescerá e se tornará importante no cenário esportivo brasileiro", define Sanches.
 
Feminino - Enquanto no masculino, o regulamento da Liga Nacional de Polo Aquático prevê jogos de ida e volta (turno e returno), no feminino, serão três turnos distintos, com partidas no Rio de Janeiro, São Paulo e Rio de Janeiro, novamente. Em ambas as categorias, haverá um playoff final que ocorrerão, juntos, no Sesi Vila Leopoldina, em São Paulo (SP).
 
A primeira rodada do feminino ocorre na piscina do Clube de Regatas Flamengo no dia 22 de setembro (sexta-feira), com os confrontos entre Pinheiros e ABDA, às 19 horas e Flamengo e Sesi, às 20h15. As quatro equipes se confrontam ainda nos dias 23 e 24, sábado e domingo, no mesmo local, completando assim, o primeiro turno da competição.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook