Nadadora Pãmela Alencar bate recorde de 8 anos nos 200 peito

E-mail Imprimir

Quatro meses após se transferir para o clube Pinheiros, nadadora vence prova com 2:29.73 / Foto: DivulgaçãoQuatro meses após se transferir para o clube Pinheiros, nadadora vence prova com 2:29.73 / Foto: Divulgação

São Paulo - A maior nadadora de peito do Brasil, Pãmela Alencar, bateu recorde de 8 anos nos 200m peito. Ela nadou abaixo de 2:30 da prova neste sábado(16), na tomada de tempo no Clube Pinheiros, que contou também com convidados de outros clubes.
 
Foi um alívio para a atleta, que já havia nadado na casa dos 2:30 quatro vezes desde 2013. Neste sábado, ela venceu a prova com 2:29.73 em uma disputa acirrada com a argentina Julia Sebastian, sua maior adversária. As duas alternaram na liderança, mas Pãmela acelerou ainda mais na última parcial e ultrapassou a argentina, fechando a prova com perfeição. 
 
"Não consigo nem descrever a sensação, eu fiquei muito leve e feliz", conta Pãmela.
 
A marca atingida pela atleta é a melhor dos 200 peito feminino brasileiro na Era pós-trajes. Apenas duas nadadoras, Carolina Mussi e Tatiane Sakemi nadaram abaixo de 2:30 em 2009. 
 
Pãmela se transferiu para o Clube Pinheiros no início do ano para iniciar um novo ciclo olímpico, com foco em Tóquio 2020 e traçando novos objetivos. Após derrubar essa barreira, sua próxima competição é o Maria Lenk, que será entre os dias 02 e 06 de maio.
 
"A meta é diminuir ainda mais no Maria Lenk, porque eu vou estar mais descansada", finalizou.
 
Vale ressaltar que Pãmela é líder do ranking brasileiro nos 200m peito feminino desde 2013.

Veja Também: 

 

 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rio 2016

Carnaval é tema das gêmeas do Nado Sincronizado

Copa Brasil de Vela

Confira os melhores momentos da Copa Brasil 

 

Rio 2016

Ivete embala coreografia de brasileiras no evento teste

 

 
Rip Curl Grom Search 2017

Maresias - Confira tudo o que rolou na grande final

Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook