Seleção brasileira estreia no Mundial nesta sexta-feira, dia 14

Budapeste 2017 / Foto: Divulgação/CBDABudapeste 2017 / Foto: Divulgação/CBDA

Budapeste - Em um cenário que facilmente se encaixaria em grandes produções cinematográficas, as margens do lago húngaro Városliget, no ‘City Park’, em Budapeste, a seleção brasileira de nado sincronizado realizou nesta quinta-feira, dia 13, o último treino antes da estreia no 17º Campeonato Mundial FINA de Desportos Aquáticos.
 
Serão mais de 40 países competindo entre os dias 14 e 22 de julho e logo no primeiro dia o Brasil terá representantes nas duas provas eliminatórias: de solo técnico e dueto técnico.
 
Abrindo a competição, Giovana Stephan, uma das atletas mais experiente da equipe, irá apresentar sua rotina técnica com o tema “the next right thing”. Ela será a sexta a se apresentar, entre 30 solistas. “A gente chega pensando em entrar na final, sempre. Tenho bastante bagagem dos outros mundiais, mas essa é uma competição diferente. Vim para disputar o solo técnico e o dueto misto, uma novidade. Desde 2011 eu não disputava uma prova de solo, em mundiais, e ainda vou abrir a competição, então dá um nervoso, é normal. Meu foco principal é no dueto, mas começar com esse solo vai ser bom” comentou Giovana.
 
Na parte da tarde, será a vez de Luisa Borges e Maria Clara Lobo Coutinho apresentarem um duelo de heroínas. Com o tema “Mulher Gato x Mulher Maravilha” as meninas esperam impressionar o público e os juízes, buscando uma vaga na final. “Estamos com uma coreografia nova e vamos tentar surpreender ao máximo com esse novo tema. Estamos no começo de um novo ciclo mas com os mesmos objetivos, que é entrar na final e ultrapassar nossos adversários”, analisou Luisa. Assim como no solo o dueto técnico do Brasil ficou no início da ordem de apresentação. A dupla brasileira será a oitava, entre 40 inscritas.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook