Shimano Fest abre ao público, no final de semana, com provas e diversas atrações

Enquanto os melhores ciclistas do País dão início ao Bike Competition no Jockey Club de São Paulo, com a prova do mountain bike, primeiro dia aberto para os fãs terá Pedal Inclusivo como uma das atrações / Foto: Fernando Siqueira / FS FotografiaEnquanto os melhores ciclistas do País dão início ao Bike Competition no Jockey Club de São Paulo, com a prova do mountain bike, primeiro dia aberto para os fãs terá Pedal Inclusivo como uma das atrações / Foto: Fernando Siqueira / FS Fotografia

São Paulo - Após os dois primeiros dias focados nos negócios, com a participação exclusiva de lojistas e profissionais do mercado, o Shimano Fest muda de perfil neste sábado e domingo (16 e 17), com o evento aberto ao público e entrada gratuita - a organização sugere a doação de 1 kg de alimento não perecível para instituições de caridade.
 
Entre os destaques do primeiro dia do fim de semana estão a disputa do MTB Short Track, no Bike Competition, e ações sociais como o Pedal Inclusivo, realizado em parceria com o serviço de transporte compartilhado Bikxi, em que deficientes visuais serão convidados para uma experiência única, de pedalar uma bike tandem (dupla) e elétrica.
 
O sucesso nos primeiros dois dias pode ser comprovado pelo crescimento superior a 50% no número de visitantes. Foram 4.800 pessoas nesta edição, enquanto o evento de 2016 atraiu 3.000. Outro dado animador está no número de test rides. Mais de 1.300 lojistas experimentaram 100 bikes disponibilizadas por 15 marcas na pista do Short Track. Assim, conheceram de perto alguns dos lançamentos de 2018 expostos na Arena Expo, que tem mais de 200 marcas.
 
Além dos modelos em exposição e para teste, 40 lojas venderão produtos direto para o público no fim de semana. Espaço Mulher, Bike Show, Bike Kids, Bike Radical, Bike e Bike Mobility são as demais áreas que agitam o evento, não esquecendo o espaço gastronômico, que foi aumentado e tem 30 estabelecimentos, entre food-trucks e food-bikes.
 
O primeiro dia do Bike Competition reunirá atletas olímpicos e destaques internacionais e nacionais do mountain bike, com tomada de tempo entre 15h e 17h e finais do Cross Country Eliminator (XCE) em seguida, às 17h30. Dos três representantes brasileiros do MTB na Olimpíada Rio 2016, dois competirão, a goiana Raiza Goulão e o mineiro Rubinho Valeriano. Já o fluminense Henrique Avancini, após obter um resultado histórico no Campeonato Mundial de MTB na Austrália, no sábado passado (9), a quarta colocação - a melhor do Brasil até hoje, estará apenas na torcida. 
 
"Finalizei a temporada de corridas internacionais com um excelente 14º na Austrália, mesmo resultado que havia conseguido na etapa de Andorra da Copa do Mundo. Estou muito feliz e motivada, sabendo que volto ao Brasil e já no Shimano Fest vou poder sentir o calor dos fãs, que me incentivam muito. Estar no Festival é sempre bem legal, porque você vive intensamente o mundo da bike por alguns dias. Cheguei da Oceania e já pude vir para a casa da minha grande amiga e parceira, a Viviane Favery, que será uma das favoritas no MTB Short Track", destaca Raiza Goulão.
 
Outros ciclistas prometem dar trabalho a Raiza e Rubinho. No feminino, Viviane Favery, Karen Olimpio, Aline Simões e Danielle Moraes são as principais concorrentes. Entre os homens, a briga promete ser intensa, com diversos ciclistas de ponta do MTB nacional: Luiz Cocuzzi, Guilherme Muller, Mario Couto, Ricardo Pscheidt, José Gabriel Marques, Sherman Trezza, Mario Antônio Veríssimo, João Pedro Firmeza, Renato Rezende, atleta do BMX que irá tentar a sorte no MTB Short Track pela primeira vez na carreira, entre outros.
 
Pista reformulada - O MTB Short Track traz um percurso novo e desafiador para os ciclistas, construído pelo experiente Marcio Ravelli, ciclista e organizador do Desafio GP Ravelli. "Fui convidado pela organização e estou feliz de, pelo primeiro ano, fazer parte diretamente desta festa. Construo pistas no GP Ravelli há 12 anos e tenho uma grande vivência no mundo das duas rodas. O convite foi muito legal e coloquei minha experiência para deixar as rampas e obstáculos em um nível alto para os ciclistas. O espetáculo será muito bonito, com uma plástica interessante para o público. Angulação, grau da escadaria, paredões e formato. O Short Track será bem legal e a elite vai fazer um show incrível. Estou orgulhoso de fazer parte do projeto", destacou Ravelli.
 
Pedal Inclusivo - Nesta oitava edição, o Shimano Fest está promovendo uma ação inédita: o Pedal Inclusivo, que proporcionará a experiência de pedalar a deficientes visuais, iniciativa conjunta da Shimano com a Bikxi. A ideia é oferecer um passeio de bicicleta para deficientes visuais dentro do festival, trazendo pessoas para se aproximarem do mundo da bike, participando do evento e experimentando a sensação de andar de bicicleta. Pessoas sem necessidades especiais também serão convidadas a pedalar no banco de passageiro da Bikxi, mas com olhos vendados. Isso para terem a perspectiva que o deficiente visual tem. 
 
Pedais rumo ao Shimano Fest - Dois pedais ajudarão a lotar o bicicletário, com 500 vagas disponíveis. Neste sábado, a partir das 8h da manhã, mais de 100 ciclistas participarão do Pedal Brasil BIKEmotion, com saída no Parque do Ibirapuera e concentração no Portão 6 (Rua IV Centenário). Serão 20 km, passando por diversos pontos do centro expandido, até chegar na Av. Lineu de Paula Machado, no Jockey. No domingo será vez do Pedal Solidário, saindo às 8h30 do Hotel Intercontinental, na Alameda Santos, para chegar às 11h no Shimano Fest. Nesta ação, os alimentos doados pelos visitantes serão recolhidos e levados logo em seguida para o asilo Lar Bussocaba, às 12h. Em seguida, o Pedal Solidário volta para o Festival.
 
Demais atrações do sábado - O Bike Show promete estar nos holofotes do terceiro dia de Shimano Fest. A área será agitada pelo "Festival de Música Groove - Sons da Paulista", inspirado pelo sucesso de grupos musicais que se apresentam na região da Paulista. Estão confirmadas no Festival, entre 11h e 18h, as bandas ‘Amoradia do Som’, ‘Zumbi e o Folclore’, ‘Banda DonaLaíde’ e ‘Banda Luzia’. Ainda no sábado, a banda Remove Silence se apresenta e encerra o dia tocando o melhor do hard rock.
 
A principal novidade na Arena Kids será o Shimaninho, uma disputa inédita e recreativa de bicicleta sem pedal (Balance Bike) em parceria com a empresa Nathor Bicicletas, sábado e domingo, a partir das 13h, valendo prêmios e medalhas para os pequenos. Sucesso em todas as edições com a criançada, o tira-rodinhas também está na programação. Trata-se de um dos momentos mais importantes para os pequenos aprenderem a andar de bicicletas sem apoio. 
 
O Circuito pump track, presente no Bike Radical, é diversão garantida para a criançada mais expert na bike, com um traçado que simula uma pista de BMX com rampas, elevações e curvas, onde a criança começa a pedalar e depois vai apenas no embalo. Outra competição, o ‘Desafio sem Corrente’, onde os participantes competem em bicicletas sem corrente, promete animar a garotada nos dois dias de evento.
 
A área dedicada as mulheres também terá diversas atrações. No sábado, das 13h às 18h30, e no domingo, das 11h às 17h, a área de massagens estará aberta, com sorteios para quem participar do ciclo de palestras que vai acontecer no espaço. Também haverá pilates nos dois dias, às 17h e 11h, respectivamente, e a Oficina Mecânica com Magda Oliveira, em ambas as datas, às 15h. Entre as palestras, os temas são os seguintes: ‘Como evitar lesões articulares’, `Minha história na Rio 2016`, com Sandra Kawasaki, ‘Pedalar na estrada: como começar?’ ‘Cicloturismo Austrália e Nova Zelândia’, ‘Fisiologia do Esporte’, ‘Ciclismo na saúde íntima da mulher’ e ‘Legendária Rota 66 nos Estados Unidos’.
 
Mais palestras - Além do ciclo de palestras do Espaço Mulher, outras cinco estão confirmadas no sábado: JB Carvalho - Altos roles pelos Países Baixos; Fabio Nitschke - Cicloturismo com crianças; Reinede Campelo - Startups e as novidades do mercado de bike; Renato Rezende - O BMX nas Olimpíadas; e a Mesa Redonda da Velo-City Rio 2018.
 
Fabio Nitschke, do Ativitae - O blog da vida ativa em família, conta um pouco do que contará em sua palestra. "Viajar de bike com os filhos, não só é possível, como é muito legal. É sobre isso que vou contar nas palestras, sobre esta descoberta e como aprendemos a fazer isso dá certo, compartilhando com o pessoal o que já fizemos de legal", contou Fabio. "Ao lado da minha esposa Melissa, levamos o Théo e o Martin desde que eles tinham um ano, no bike trailer, pela cidade e depois fora. Quando eles tinham quatro anos atravessamos os Alpes da Alemanha para a Itália. Poucas semanas atrás, fomos para o sul da Alemanha e, eles com sete anos, chegaram a marca de 27 km pedalados em um dia. Um desafio que conseguiram superar", complementou. 
 
Transmissão ao vivo no domingo - As principais atrações do domingo (17) serão mostradas ao vivo por Live Streaming em uma parceria inédita com a empresa Xtream Sports e poderão ser acompanhadas no Facebook oficial da Shimano.
 
Como chegar - O Jockey Club de São Paulo tem fácil acesso pela ciclovia do Rio Pinheiros, ciclovia da Av. Lineu de Paula Machado ou pela ciclofaixa de lazer no domingo (ciclofaixa passa em frente e ao lado do Jockey). O Shimano Fest terá bicicletário disponível (capacidade para mais de 500 bicicletas). As estações de trem mais próximas são Cidade Jardim e Hebraica-Rebouças, da CPTM.
 
Serviço:
 
Shimano Fest 2017
Data: 16 e 17 de setembro (festival aberto a todos) 
Horário: quinta a sábado, das 10h às 20h, e domingo, das 10h às 17h30
Local: Jockey Club de São Paulo
Endereço: R. Dr. José Augusto de Queiroz, S/N, Portão 1, próximo à ponte Cidade Jardim
Entrada: Gratuita. A Shimano pede doação de 1 kg de alimento não perecível para entidades assistenciais. Colabore!
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook