Rio Sports Show supera frio, aquece o mercado de fitness e tem bons resultados

A 18a. edição foi realizada na Marina da Glória, de quinta a sábado, reunindo cerca de 7 mil visitantes / Foto: Humberto Ohana/SavagetA 18a. edição foi realizada na Marina da Glória, de quinta a sábado, reunindo cerca de 7 mil visitantes / Foto: Humberto Ohana/Savaget

Rio de Janeiro - Só mesmo muito trabalho para aquecer o frio histórico que derrubou os termômetros no Rio de Janeiro neste final de semana. Enquanto a Cidade Maravilhosa registrou mínima de 11,2°C, a menor neste ano na capital carioca, a temperatura subiu na Marina da Glória.
 
Nos três dias da Rio Sports Show, de quinta a sábado (9 a 11), o clima para os negócios foi quente. Com volume na casa dos R$ 32 milhões e 7 mil visitantes, o saldo da 18ª edição da mais conceituada feira voltada para o mercado fitness foi considerado positivo pelos participantes. Para os organizadores, a sensação é de dever cumprido na tarefa de auxiliar os empresários do setor no combate à crise econômica que ainda assola o Brasil. 
 
"O balanço é extremamente positivo, principalmente levando em consideração o delicado momento que o Brasil atravessa. É muito gratificante reunir pessoas que, como nós, acreditam no setor. Os expositores estão todos felizes com o resultado da Rio Sports Show porque entendem o momento. Estão felizes por estarem aqui fazendo negócios. Não ficaram em casa esperando um milagre acontecer. Estão aqui investindo na certeza de que o mercado vai reagir e que as coisas irão melhorar. Por tudo isso, eu e minha equipe nos sentimos vencedores por promover essa feira pelo 18° ano consecutivo" ", afirmou Ana Paula Leal, diretora da Savaget Promoções & Excalibur Congressos e Eventos.
 
A empresária completa. "Sei que muitas empresas fecharam bons acordos nesta edição, provando que o público da feira é altamente qualificado. Ou seja, quem veio à feira estava com o intuito de comprar, não apenas de passear ou de ver preços. Então, o importante é que quem saiu de casa, venceu o frio, se propôs a fazer negócio", avaliou Ana Paula.
 
Os executivos e empresários fizeram coro com a promotora da Rio Sports Show. "Nossa participação no evento foi uma surpresa muito positiva. Apesar do momento difícil da economia, fizemos bons contatos e fechamos negócios importantes aqui na feira. O frio não espantou os compradores e tivemos a oportunidade de empresentar uma gama variada de produtos", disse Maneco Carrano, diretor comercial da Life Fitness Brasil. Entre as novidades da multinacional, que atua em 120 países, está a Cybex, que passou a fazer parte do portifólio da empresa em 2016, em uma transação de US$ 197 milhões, ao lado das marcas SCIFIT, Hammer Strength, InMovement e Brunswick. 
 
Rodrigo Chan, gerente comercial da Wellness, também se mostrou satisfeito com os resultados obtidos na Rio Sports Show e animado com as possibilidades para o futuro. "Viemos para a feira para apresentar novidades, como o Cage, uma ‘gaiola’ toda modulável para vários tipos de exercícios funcionais, e nossa linha de remos. Mas a grande novidade está reservada para o segundo semestre, com o lançamento de uma bandeira de academias low cost, em que vamos oferecer uma academia 100% montada para o investidor, com todos os nossos equipamentos, além da parte comercial e técnica. Acredito que seremos os pioneiros neste tipo de trabalho", antecipou.
 
Murilo Boarini, coordenador de marketing da Total Health do Brasil, não escondeu a satisfação com a participação na Rio Sports Show 2016. "A Total Health é uma empresa que acredita no potencial do mercado, tanto que neste ano conseguimos um espaço privilegiado na feira. Participamos desse evento há muitos anos e esta é a primeira vez que estamos localizados logo na entrada, com um estande maior, onde apresentamos lançamentos de novas linhas, como a RRX, linha de equipamentos que representa uma evolução em termos de design e biomecânica no mercado nacional. Por tudo isso, e, claro, pelos negócios fechados, a feira foi muito bacana", afirmou.
 
Marcio Luis, gerente comercial nacional de vendas da Movement, também avaliou a feira como um grande negócio. "O resultado na Rio Sports Show está dentro das nossas expectativas. Há setores e empresas que apresentam pessimismo. Nós não. Estamos otimistas e o balanço da feira é positivo. Trabalhamos para obter metas superiores às do ano passado, mas sabíamos que atingir o mesmo patamar de 2015, em função dessa crise, já seria ótimo", disse ele, que destacou o lançamento da esteira Rock Force, equipamento que não usa energia elétrica, apenas o esforço do corpo.
 
Fernando Augusto Afonso, diretor CyberGym, lembrou da importância do contato pessoal que um evento como a Rio Sports Show proporciona. "Com a digitalização, quando as pessoas vão ao Google e conseguem conhecer todas as empresas, talvez algumas pessoas pensem que um evento como este não é importante, mas continua sendo fundamental, porque a pessoas podem conhecer a máquina, testá-la e isso promove o setor. Estou muito satisfeito com o evento e fizemos muitos negócios neste ano", garantiu ele, que destacou entre as novidades os produtos remodelados das linhas New Fast e Smart.
 
Campeonatos movimentam o palco da Rio Sports Show - A primeira edição do Garoto e Garota Rio Sports Show definiu os vencedores no início da noite do sábado no palco montado no Pavilhão de Exposições da Marina da Glória. Entre os homens, o campeão foi Marcos Vinicius da Silva Gomes, de 20 anos, estudante do segundo ano de Educação Física e morador do Rio de Janeiro. A campeã foi Tati Vaillant, também do Rio, de 24 anos, que está no terceiro ano do curso de Nutrição. Ambos ganharam, pela primeira vez, um concurso de modelo fitness e receberam premiação de 1 mil reais, free Pass Vip para o Arnold Classic Brasil 2017, kit de suplementos alimentares da Black Skull e kit de roupas fitness da Metamorfose.
 
A 1ª Copa Rio Sports Show movimentou o palco durante toda a tarde do sábado com disputas em 13 categorias (masculino e feminino). Com promoção da IFBB (International Federation of Bodybuilding) do Rio de Janeiro, a competição contou com cerca de 100 atletas, que fizeram o público vibrar. Os resultados estão disponível no site da IFBBRJ no endreço : http://www.ifbbrio.com.br/resultados-1a-copa-rio-sport-show-de-fisiculturismo/
 
Três conferências completam o evento - Para contribuir na formação de profissionais da área, A 18a. edição da Rio Sports Show promoveu três conferências durante o evento, com cerca de 700 participantes. 
 
A Conferência Internacional de Pilates reuniu palestrantes do Brasil e exterior até este domingo (12) no Prodigy Hotel Santos Dumont. Entre os convidados vindos de outros países destaque para os norte-americanos John Garey e Sheri Long, o espanhol Ricardo Jamarill e a argentina Eliana Telleria. Os brasileiros à frente de cursos e workshops foram Rafael Fiorini, Hudson Callebe, Andreia Monteiro e Debora Valério.
 
No mesmo local, entre sexta e sábado, foi realizada a Rio Sports Conference, com cursos e palestras com temas como voltados para gestão e treinamento, além de um módulo especial para trabalho de força, o Hammer Strenght Clinics, com o Doutor Roberto Simão. No sábado, foi a vez do 8o Fórum Internacional Core 360, realizado na Urca.
 
Gustavo Borges assumiu a presidência da ACAD na Rio Sports Show - A noite de quinta-feira (9) da Rio Sports Show foi marcada pela solenidade de posse da nova diretoria da Associação Brasileira de Academias (ACAD), para o período de 2016/2018. O medalhista olímpico Gustavo Borges é o novo presidente da entidade, que reúne 32 mil academias no país, o segundo maior mercado no mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos.
 
Mais informações pelo site oficial do evento: riosportshow.com.br
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook