IV Semana Internacional do Esporte Pela Mudança Social movimenta o RJ

Programação gratuita contará com painéis, debates e apresentações no MAR, além de oficinas práticas na Escola Vicente Licínio Cardoso / Foto: DivulgaçãoProgramação gratuita contará com painéis, debates e apresentações no MAR, além de oficinas práticas na Escola Vicente Licínio Cardoso / Foto: Divulgação

Rio de Janeiro - Esporte e transformação social caminham juntos. Com o objetivo de evidenciar a importância da prática de atividades físicas como fator de desenvolvimento humano, a Rede Esporte pela Mudança Social (REMS), em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e a Cooperação Alemã, por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH, promove, de 30/11 a 2/12, a IV Semana Internacional do Esporte Pela Mudança Social (SIEMS). A Atletas pelo Brasil é uma das 81 organizações que fazem parte da REMS.
 
O evento é gratuito e contará com painéis, apresentações e debates no Museu de Arte do Rio (MAR), além de oficinas práticas na Escola Vicente Licínio Cardoso, também na região central da cidade. As atrações terão a presença de especialistas e grandes nomes ligados ao tema do esporte para a mudança social. As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas em http://www.rems.org.br/siems/.
 
Um dos destaques da programação no MAR será a divulgação dos resultados preliminares do Relatório de Desenvolvimento Humano - Esporte e Atividade Física no Brasil, no primeiro dia do evento. O documento, chancelado pelo PNUD, enfatiza como diferentes marcadores sociais (gênero, classe, cor de pele) afetam, de forma isolada e combinada, o envolvimento dos brasileiros com atividades físicas e esportivas, além de descrever um conjunto de pesquisas que estudam como essas práticas podem se constituir em cenários potencializadores do desenvolvimento humano. 
 
Outros painéis e apresentações também se destacam na programação, com participações de peso: "Magic" Paula (fundadora do Instituto Passe de Mágica e medalhista olímpica de basquetebol) e Ana Moser (presidente do Instituto Esporte & Educação e medalhista olímpica de voleibol); a coordenadora da área de disseminação da Fundação Gol de Letra, Mônica Zagallo; a diretora de Impacto Comunitário da Nike do Brasil, Alice Gismonti; o fundador e diretor do Luta pela Paz, Luke Dowdney; a líder do time da juventude do campo de refugiados sírios de Zaatari, Dima Issan Alardah; Ashleigh Huffman, do Center for Sport, Peace and Society da Universidade do Tennessee/EUA; além de representantes das organizações da REMS, entre outras.
 
Serão 200 vagas para cada dia de programação no MAR. As 100 primeiras pessoas inscritas que chegarem ao local terão acesso ao auditório, enquanto as demais serão direcionadas a uma sala em que haverá transmissão simultânea das atrações. 
 
Já para as oficinas práticas, a primeira delas - "Pedagogia da Emergência: Uma Metodologia para Superação de Traumas" (oferecida pelo Terapeuta Social e Educador Físico Reinaldo Nascimento) - terá 40 vagas. A segunda - "Treino Social" (oferecida pela GIZ) - disponibilizará 30 vagas, ambas na Escola Vicente Licínio Cardoso, nos dias 01 e 02/12 respectivamente, pela manhã. 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook