Prêmio Cidades do Esporte será entregue nesta quarta-feira em SP

Desenvolvido pelo Programa Cidades do Esporte, em parceria com o Programa Cidades Sustentáveis, premiará iniciativas inovadoras e bem sucedidas na área de esporte nas cidades brasileiras / Foto: DivulgaçãoDesenvolvido pelo Programa Cidades do Esporte, em parceria com o Programa Cidades Sustentáveis, premiará iniciativas inovadoras e bem sucedidas na área de esporte nas cidades brasileiras / Foto: Divulgação

São Paulo - O Programa Cidades Sustentáveis realiza nesta quarta-feira (24), no Sesc Consolação (Rua Dr. Vila Nova, 245), em São Paulo (SP), a partir das 10 horas, a cerimônia de entrega da segunda edição do Prêmio Cidades Sustentáveis.
 
E a premiação contará, pela primeira vez, com uma categoria dedicada ao esporte, o Prêmio Cidades do Esporte, uma iniciativa do Programa Cidades do Esporte, da Atletas pelo Brasil, em parceria com o Programa Cidades Sustentáveis. 
 
O Prêmio Cidades Sustentáveis contemplará administrações municipais que tenham políticas públicas bem sucedidas, com resultados concretos mensuráveis, em oito áreas. Além do Esporte, serão conhecidos vencedores em Bens Naturais Comuns, Criança, Cultura, Educação para a Sustentabilidade, Governança, Mobilidade e Saúde. 
 
Patrícia Medrado, atleta associada e membro da diretoria da Atletas pelo Brasil, anunciará o resultado do Prêmio Cidades do Esporte. Ele tem por objetivo reconhecer ações, projetos e políticas públicas inovadoras e bem sucedidas nas cidades brasileiras na área do esporte. E sua primeira edição será entregue no momento em que o País começa a viver o período pós-realização dos dois grandes eventos esportivos no Brasil - a Copa do Mundo 2014 e os Jogos Olímpicos, encerrados no domingo (21).
 
A partir de agora, com o término da Rio 2016, o debate sobre o legado desses grandes eventos aumentará, a medida em que será possível iniciar uma análise sobre os impactos da chamada década esportiva no Brasil. Qual será o efeito dos eventos realizados no esporte e lazer das cidades? Sabemos que o acesso ao esporte e à atividade física contribui para criar cidades mais sustentáveis. Será que estamos avançando neste sentido? É neste contexto que iniciativas como o Programa Cidades do Esporte ganham relevância.
 
O Programa da Atletas pelo Brasil atua nas cidades que foram sede da Copa do Mundo de 2014 no Brasil (Porto Alegre, Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Cuiabá, Salvador, Recife, Natal, Fortaleza e Manaus, além do Distrito Federal). Busca contribuir para o desenvolvimento e fortalecimento de políticas públicas de esporte, que ampliem o acesso ao esporte e à atividade física e melhorem o esporte nas escolas, por meio do uso de indicadores no planejamento e gestão das políticas esportivas públicas. 
 
"O Prêmio contribuirá para levar as ferramentas do Programa Cidades do Esporte para outras cidades brasileiras, além de reconhecer boas práticas, dando visibilidade para gestões municipais eficientes no âmbito do esporte", destaca Silvia Gonçalves, coordenadora do programa.
 
O comitê de seleção do Prêmio Cidades do Esporte contou com a participação de representantes da ACES Europe (Federação das Cidades Europeias do Esporte), Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e da Rede Esporte pela Mudança Social. 
 
Parceria com o Cidades Sustentáveis - A parceria da Atletas pelo Brasil com o Programa Cidades Sustentáveis vem de encontro ao fato de que uma cidade ativa é uma cidade mais sustentável. A influência positiva do esporte e da atividade física em áreas como mobilidade urbana, saúde, educação, planejamento, integração social e desenvolvimento econômico sustentável têm sido comprovada por diversas pesquisas e estudos. 
 
O Programa Cidades Sustentáveis é uma iniciativa da Rede Nossa São Paulo, Rede Social Brasileira por Cidades Justas, Democráticas e Sustentáveis e o Instituto Ethos. O programa é apartidário e tem o objetivo de sensibilizar, mobilizar e oferecer ferramentas para que as cidades brasileiras se desenvolvam de forma econômica, social e ambientalmente sustentável. 
 
A premiação terá ainda parceiros como o Instituto Alana, CENPEC Educação e Cultura, Sesc SP, Escola de Governo, ITDP Brasil e Instituto Saúde e Sustentabilidade, contando também com o apoio da Associação Brasileira de Municípios e Frente Nacional de Prefeitos.
 
Antes do início das premiações, Nelton Friedrich, diretor de Coordenação e Meio Ambiente da Itaipu Binacional, fará uma apresentação do programa "Cultivando Água Boa", primeiro lugar na categoria "Melhores práticas em gestão da água", do prêmio Water for Life 2015 (Água para Vida), concedido pela UN Water - Agência das Nações Unidas para a Água. Um show, entre 12 horas e 12h30, encerrará o evento. 
 
O Programa Cidades do Esporte - Buscando contribuir para o desenvolvimento e fortalecimento de políticas públicas de esporte, o Programa Cidades do Esporte vem monitorando, anualmente, o avanço das políticas públicas destinadas a promover a atividade física e esportiva para a população. Ele teve início em 2012, quando comprometeu os então candidatos a prefeito com metas para o esporte. Os resultados do monitoramento realizado pelos municípios já foram apresentados em duas edições do Relatório Cidades do Esporte. 
 
Agora em 2016 o Programa lançará a terceira edição de seu relatório e está novamente propondo aos candidatos às eleições municipais que se comprometam com os objetivos e medidas propostos no município para integrar o esporte na pauta de prioridades nacionais e locais. 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook