Serviços

Doctor Feet dá dicas para os pés de corredores e maratonistas

O cuidado com os protagonistas da atividade, os pés, é indispensável / Foto: DivulgaçãoO cuidado com os protagonistas da atividade, os pés, é indispensável / Foto: Divulgação

São Paulo - Um esporte simples e eficiente, a corrida é um dos exercícios mais completos em benefícios para a saúde do corpo e da mente. E, para que os corredores tenham um bom rendimento, o cuidado com os protagonistas da atividade, os pés, é indispensável. A pressão que eles sofrem nas corridas exige preparo e atenção especial após os treinos.
 
Para cuidar corretamente da saúde e do bem-estar dos pés, a podóloga e coordenadora técnica da rede de podologia Doctor Feet, Cristina Lopes, ensina algumas dicas para os corredores:
 
1. Escolha um tênis adequado e use-o com meias de algodão, que absorvem o suor e ajudam a mantê-los hidratados.
 
2. Não corte as unhas muito curtas, evite tirar totalmente as cutículas e não lixe demais a sola dos pés, principalmente antes de provas. Essas são proteções naturais do corpo que impedem a sensibilidade, calos, frieiras, infecções por bactérias e bolhas.
 
3. O corte das unhas deve ser feito por um podólogo, profissional habilitado que, além de cortar e lixar corretamente, também poderá identificar e tratar doenças específicas.
 
4. Mantenha-os sempre hidratados, pois isso evita o atrito com a meia e impede a formação de bolhas.
 
5. Para evitar calos e calosidades, opte por palmilhas e protetores de silicone que absorvem o impacto e evitam o atrito com o tênis.
 
6. Evite estourar as bolhas que costumam surgir nos pés, mantendo-os limpos, secos e em repouso, pois assim o risco de infecção é menor. Caso estourem, não remova a pele, ela servirá de proteção natural para a área machucada. 
 
7. Em dias de provas, use tênis já amaciados. Isso evita surpresas desagradáveis como descobrir que o calçado aperta ou causa desconforto em alguma parte do pé.
 
8. Após os treinos e provas, faça um escalda-pés com água quente para relaxar e pingue algumas gotas de óleo essencial de melaleuca, que tem ação antifúngica, ou óleo essencial de lavanda, que é relaxante. Na falta dos óleos, junte à água um punhado de sal grosso, que ajuda na circulação. A reflexologia, uma massagem relaxante, também é recomendada para ajudar a relaxar, descansar e aliviar as tensões.
 
Veja Também: 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook