Vice na maratona de SP vai tentar ganhar a São Silvestre 2016

Vagner Noronha participará pela  quarta vez da corrida mais importante do ano / Foto: Reprodução/FacebookVagner Noronha participará pela quarta vez da corrida mais importante do ano / Foto: Reprodução/Facebook

São Paulo - O atleta Vagner Noronha, vice-campeão da Meia Maratona de São Paulo deste ano e patrocinado pela construtora e incorporadora MPD, correrá pela quarta vez a Corrida Internacional de São Silvestre no dia 31 de dezembro. No ano de 2015, Vagner conquistou três vezes o primeiro lugar em corridas, segundo lugar na Meia Maratona de São Paulo e esteve entre os seis brasileiros mais rápidos na maratona de Berlim, onde correu com os maiores atletas do mundo.
 
A primeira participação de Vagner na São Silvestre foi no ano de 2012, em que conquistou o 69º lugar. As posições melhoraram nos anos seguintes, com o 40º lugar em 2013 e o 25º em 2014. O resultado no ano passado e os outros resultados durante 2015 renderam a ele um convite da organização para compor o grupo de elite, formado por 200 atletas.
 
O treino do Vagner consiste em corrida de longa distância, entre 25km e 30km por dia: “Eu quero melhorar meu tempo na São Silvestre 2015, chegar na frente nas melhores posições possíveis e com certeza brigar por um lugar no pódio”.
 
Vagner veio de Pernambuco e trabalhava como garçom de dia e manobrista de noite para complementar a renda. Mauro Dottori, presidente da MPD e Mauro Santi, vice-presidente de incorporações da MPD, eram clientes antigos do restaurante e ajudaram Vagner no sonho de tornar-se um atleta profissional. “Ele sempre estava correndo pra lá e pra cá. Eu falei para ele desligar-se do emprego e garanti que manteríamos o que ele ganhava para começar a treinar”, diz Mauro Santi.
 
Desde março de 2013 a MPD patrocina o atleta que já subiu no lugar mais alto do pódio dez vezes nos recentes três anos de carreira: “Sempre comentava com o Mauro no restaurante sobre as minhas corridas e ele interessou-se em me ajudar, isso mudou minha vida e a partir desse momento tornei-me um atleta. Quando deixei meus dois empregos, comecei a passar mais tempo com a família e realizar o sonho da minha vida. Sempre digo que tive muita sorte, é difícil uma empresa apostar assim em uma pessoa”, ressalta Vagner.
 
Veja Também: 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook