Band Saracens preparado para a penúltima etapa do Super Sevens

Equipe tem grupo difícil no primeiro dia de jogos / Foto: DivulgaçãoEquipe tem grupo difícil no primeiro dia de jogos / Foto: DivulgaçãoSão Paulo - Depois de chegar à final nas duas últimas edições, o Band Saracens está preparado para a penúltima etapa que acontecerá nesse final de semana (18 e 19 de novembro) no Estádio Martins Pereira, em São José dos Campos.

Em relação à etapa anterior, na qual o Band teve uma campanha impecável e levantou a taça, o grupo que enfrenta agora é mais experiente. Se no início de novembro se sobrepôs com facilidade contra o Pasteur (33 x 00), USP (41 x 00) e o Melina (46 x 05), agora é hora de se dedicar contra Leoas de Paraisópolis, SPAC e Leoas do Ceará para terminar em primeiro no grupo. “Nunca vamos pra uma etapa achando que a chave esta ganha, sempre jogamos o melhor que podemos pra evitar surpresas, então a ansiedade é sempre grande, mas pra gente, jogar um primeiro dia duro é algo bom. Faz ligar a cabeça e nos dá a chance de encaixar nosso jogo pra encarar melhor o domingo, que vai ser sempre duro”, é o que diz a Carolina Palazini (“Pala”), veterana pilar do grupo.

O Band começa a bateria de partidas enfrentando as Leoas do Ceará, ainda debutantes no torneio e contra as quais uma vitória segura sempre é importante, já que as outras duas equipes são fortes concorrentes ao primeiro lugar na chave.

No segundo jogo do sábado, as bandetes enfrentam o SPAC, tradicional rival. No Super Sevens deste ano, os dois clubes realizaram apenas um embate, jogando em casa bandeirantina, pela primeira etapa, com uma vitória para as Bandetes (21 x 14). Na prática, a vantagem é do Band, já que o SPAC atravessa um momento frágil numa sequência de derrotas logo na fase de grupos.

O terceiro jogo será contra as Leoas de Paraisópolis. Os elencos são fortes e contam com jovens Yaras, com o Band trazendo a campeã sul-americana Tixa. Ainda que no placar as Leoas estejam à frente na última vez que se encontraram em campo, na classificação geral o Band traz um quarto lugar, acima das concorrentes da capital.

O Band concorre também à bolsa atleta da competição que será destinada às 3 melhores equipes da competição. Enxergando tantos desafios e recompensas, “O ponto forte do time sempre é a atitude. Nossa intensidade e agressividade em campo é que determinam o ritmo de jogo que queremos impor aos adversários”, finaliza Pala.

Band Saracens:

1. Juliana Modaneze (“Moda”)
2. Iris Coluna
3. Viviane Trindade (“Vivi”)
4. Xaxá Schwambach
5. Larissa Artoni
6. Ana Paula Teixeira (“Aranha”)
7. Bruna Lotufo
8. Camila Lacerda
9. Letícia Martins (“Tixa”)
10. Marina Fioravanti (“Tcho”)
11. Carolina Palazini (“Pala”)
12. Grasiele Bonfim (“Grazi”)

Treinador: Eduardo "Zinho" e Tabata "Colors"

Confrontos:
09h00 – Band Saracens x Leoas do Ceará
11h40 – Band Saracens x SPAC
14h20 – Band Saracens x Leoas de Paraisópolis

Veja Também: 

 

 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook