Band Saracens é campeão da Taça Tupi 2017

Time retorna à elite credenciado com uma campanha perfeita / Foto: Susi SeitzTime retorna à elite credenciado com uma campanha perfeita / Foto: Susi Seitz

São Paulo - O título da Taça Tupi segue em São Paulo! Band Saracens e Charrua se encontraram em Curitiba e fizeram uma grande partida mas o resultado final de 41 a 26 a favor dos bandeirantinos acabou coroando sua campanha impecável.
 
O início do jogo parecia seguir um roteiro familiar para os torcedores do clube paulistano, com domínio da posse de bola e rapidamente subindo ao campo de ataque e Laurent abrindo o placar aos dez minutos de jogo. O Charrua se mostrava nervoso, com muitos erros de handling quando tinha a bola em mãos, e se limitava a defender os ataques adversários, mas não conseguiu parar Leandro “Cavalo” que irrompeu pelo centro da defesa em momento de pressão bandeirantina para ampliar a vantagem.
 
Aos poucos o Charrua começava a entrar no jogo, levando a disputa para a intermediária do campo mas suas poucas chances no primeiro tempo não ameaçaram o adversário. Para piorar a situação dos Índios, Pablo anotou seu primeiro try do dia em corrida pela direita de quase meio campo, seguido de conversão de Erick Iglesias, que anotou ainda um penal, fechando a primeira etapa com uma importante vantagem de 22 a 0.
 
O segundo tempo mudou completamente de cara, e o Charrua mostrou que estava vivo na final, reduzindo com Federico em boa ação pelo lado direito mostrando a força gaúcha e passou a frequentar os 22m adversário com frequência além de mostrar mais agressividade no trabalho defensivo, forçando o adversário ao erro. Ainda assim, o Sarries ampliou com Pablo pela direita após saída pelo lado cego do scrum.
 
A partida ficou lá e cá, e a cada subida as equipes levaram perigo. Após um chute cruzado do abertura Charrua, a bola enganou a defesa e Xandão aproveitou para retomar a posse e mergulhar no ingoal. A retribuição veio somente quatro minutos depois, com Beto Pedroza finalizando uma rápida inversão de jogo e encontrando espaço na linha para retomar a vantagem. No ataque seguinte, Arthur voltou a dar levantar a torcida da equipe portoalegrense que ainda sonhava com a virada ao anotar o terceiro try Charrua, mas Beto novamente esfriou as pretensões adversárias e anotou seu segundo try do dia.
 
O relógio apontava para os minutos finais mas Diego tratou de manter o suspense no ar, reduzindo a vantagem bandeirantina para apenas 15 pontos, e a exclusão de Eduardo Alves deixaria a equipe em superioridade numérica até o fim da partida. O Charrua teve mais uma chance para reduzir, mas acabou falhando e a partida encerrada com o triunfo do Saracens, muito celebrada em campo.
 
A Band Saracens encerra sua campanha com o título e uma campanha perfeita, com oito vitórias, melhor ataque, melhor defesa, maior pontuador (Erick Iglesias - 161 pontos) e trymen (Leandro "Cavalo" e Laurent com 15 tries cada)
 
Placar final: Band Saracens (22) 41 X 26 (00) Charrua
 
Band Saracens
Tries: Laurent, Leandro Cavalo, Pablo Hernandez (2) e Beto Pedroza (2)
Conversões: Erick Iglesias (4)
Penal: Erick Iglesias
Cartão Amarelo: Eduardo Alves
 
Charrua
Tries: Federico, Alexandre, Arthur e Diego Petrobom
Conversões: Leozinho (3)
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook