Escola de Arbitragem HURRA! tem seu primeiro encontro

Criada em 2015, iniciativa cria a possibilidade de geração de renda e inclusão no mercado de trabalho / Foto: DivulgaçãoCriada em 2015, iniciativa cria a possibilidade de geração de renda e inclusão no mercado de trabalho / Foto: Divulgação

São Paulo - Investir na cadeia produtiva do Rugby é parte da missão da Associação HURRA!. A iniciativa de criar cursos de arbitragem surgiu do crescimento da modalidade escolar e do interesse de jovens para a atividade, que somados à oportunidade de profissionalização, fez nascer a Escola de Arbitragem HURRA!.
 
Patrocinada pela Federação Paulista de Rugby, e apoio dos patrocinadores institucionais da entidade - Nike e Instituto CCR, o projeto consiste em uma gama de cursos teóricos, encontros de discussão mensais e estágios práticos em três Níveis de aperfeiçoamento.
 
A ação vai beneficiar não somente os futuros árbitros, com a possibilidade de geração de renda e inclusão no mercado de trabalho, como a modalidade de modo geral. O Rugby é a modalidade coletiva que mais cresce no país, e sendo o árbitro uma figura essencial para a realização dos jogos, a formação de novos profissionais é vital para um crescimento sustentável deste esporte. 
 
O coordenador da Escola de Arbitragem HURRA! será o profissional Mariano de Goycochea, árbitro argentino com mais de 30 anos de experiência no Rugby, e um dos mais qualificados do país.
 
Em seu terceiro ano de existência, a meta da Escola de Arbitragem HURRA! é formar 30 novos árbitros de Rugby Tag e prover 10 novos árbitros/alunos aos quadros da FPR em 2017.
 
HURRA! capacita professores da rede pública para ensino do Rugby tag - Fim de semana de 15 de maio teve o 2º Curso de Capacitação em Rugby Tag para professores da rede pública de ensino em São Paulo. Ministrado pelo educador Eduardo Paulino, no CEU Caminho do Mar, 34 professores de Educação Física de diversos pontos da capital forma capacitados para ministrar a modalidade em suas escolas. No curso puderam conhecer a história  do Rugby, aprender seus valores e fundamentos, e através de exercícios teóricos e práticos, estão prontos para multiplicar a metodologia HURRA!.
 
Com mais professores capacitados, o ano de 2017 promete superar a meta de 150 escolas com o rugby sendo praticado em suas quadras.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook