Danilo Fagundes revela nervosismo ao receber o troféu de Melhor Pentatleta

Carioca recebeu premiação do Prêmio Brasil Olímpico, do COB / Foto: Alexandre Loureiro/COBCarioca recebeu premiação do Prêmio Brasil Olímpico, do COB / Foto: Alexandre Loureiro/COB

São Paulo - Os melhores do esporte olímpico nacional estiveram reunidos na última quarta-feira, dia 28 de março, na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca. Na ocasião, o Comitê Olímpico do Brasil (COB) realizou a edição de 2017 do Prêmio Brasil Olímpico.
 
Entre os mais de 40 homenageados, dentre atletas e treinadores, esteve o pentatleta Danilo Fagundes, 30 anos. O carioca recebeu o troféu de Melhor Pentatleta do ano.
 
O vice-líder do ranking nacional de Pentatlo Moderno diz que ficou nervoso ao subir ao palco para receber seu prêmio, quando foi anunciado pela anfitriã da noite, a jornalista Glenda Kozlowski. "Foi tudo muito emocionante. A noite foi maravilhosa e com um clima super bacana. Estar no meio de muita gente boa não tem preço", conta.
 
Danilo foi revelado no PentaJovem, projeto que a Confederação Brasileira de Pentatlo Moderno (CBPM) mantém para a descoberta e formação de novos nomes na modalidade. Foi a primeira vez que o carioca recebeu a homenagem do Prêmio Brasil Olímpico. Nos últimos 12 anos, a vencedora da categoria foi a medalhista olímpica Yane Marques, medalha de bronze em Londres 2012 .
 
Temporada de bons resultados - Para ter o reconhecimento do Comitê Olímpico do Brasil, Danilo teve uma temporada de bons resultados em 2017. O carioca esteve em quase todos os pódios das competições das quais participou no ano. Em abril, foi ouro no Open de Santos, no litoral de São Paulo; e em dezembro se tornou pentacampeão Brasileiro, no Rio, e vice-campeão Sul-Americano, na Bolívia. 
 
O carioca conta que o título de Melhor Pentatleta de 2017 é fruto de dedicação, de treinos e da base familiar que tem. Ele faz questão de dizer que o prêmio não é só dele. "Dedico sempre a Deus por me permitir estar aqui fazendo isso e à minha família pelo apoio de sempre, em especial minha mãe, tios e minha princesa Stephany (Saraiva, também pentatleta, noiva de Danilo)", agradece.
 
Na atual temporada, Danilo esteve presente na primeira etapa da Copa do Mundo, no início de março, no Egito. Lá, ele foi o 40º, dentre 70 competidores.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook