Taekwondo 09 Agosto 2012

Nas quartas

E-mail Imprimir
Escrito por

Diogo Silva vence primeira luta no taekwondo/ Foto: DivulgaçãoDiogo Silva vence primeira luta no taekwondo/ Foto: Divulgação

Londres- De volta aos Jogos Olímpicos depois de ficar fora de Pequim 2008 - ele terminou em quarto lugar em Atenas 2004 -, Diogo Silva usou a maior experiência e uma boa dose de coragem para estrear com vitória na competição de taekwondo dos Jogos Olímpicos Londres 2012 nesta quinta-feira, 9 de agosto. Em uma luta equilibrada, o brasileiro derrotou o uzbeque Dmitriy Kim no golden point, depois de um empate em 2 a 2, com um golpe ousado e como prêmio carimbou passaporte para as quartas de final. Diogo volta a lutar às 12h15 (horário de Brasília) na Arena ExCel em busca de uma vaga na semifinal.
Taekwondo 07 Agosto 2012

Brasil no dojan

E-mail Imprimir
Escrito por

Diogo Silva e Natália Falavigna sonham com campanha histórica do taekwondo brasileiro em Londres 2012/ Foto: Alaor Filho/AGIF/COBDiogo Silva e Natália Falavigna sonham com campanha histórica do taekwondo brasileiro em Londres 2012/ Foto: Alaor Filho/AGIF/COB

Londres- A partir desta quarta-feira, 8 de agosto, começam as disputas do Taekwondo nos Jogos Olímpicos Londres 2012. O Brasil chega a sua quarta participação olímpica sonhando com uma campanha histórica. Os dois representantes da equipe verde-amarela são Diogo Silva, na categoria -68kg, que luta nesta quinta-feira, 9 de agosto, e Natália Falavigna, medalha de bronze nos Jogos Pequim 2008, que entra no dojan no sábado. Diogo terá como adversário na estreia o atleta Dmitriy Kim, do Uzbequistão, enquanto Natália enfrentará a coreana In Jong Lee.
Taekwondo 30 Julho 2012

Superação no taekwondo

E-mail Imprimir
Escrito por

Natália Falavigna chega a Londres depois de se recuperar fisicamente/ Foto: Alaor Filho/AGIF/COB Natália Falavigna chega a Londres depois de se recuperar fisicamente/ Foto: Alaor Filho/AGIF/COB

Londres- Natália Falavigna, a primeira atleta brasileira a ganhar uma medalha no taekwondo em Jogos Olímpicos (Pequim 2008), chegou confiante a Londres. Aos 28 anos, a paranaense nascida em Maringá comemora a boa fase na carreira ao disputar sua terceira edição do torneio. Natália acredita que, apesar das lesões que a tiraram de competições internacionais durante dois anos, chega melhor a Londres do que em Pequim, há quatro anos, quando subiu ao pódio para receber a medalha de bronze.

 

Leia mais...

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook