Jovens talentos brasileiros largam bem na Final FEI Children 2017 na China

Philip com seus familiares, Pietra e o treinador Bybon nos bastidores / Foto: Arquivo pessoalPhilip com seus familiares, Pietra e o treinador Bybon nos bastidores / Foto: Arquivo pessoal

China - Não tem trégua para a nata jovem do hipismo mundial na virada para 2018. Foi dada largada oficial nesse sábado, 30/12, à Final FEI Children 2017 com a primeira qualificativa no Equuleus International Riding Club, em Beijing, que tem sua decisão em 1º de janeiro. O Brasil está muito bem representado pelos jovens talentos Philip Greenlees, 14, e Pietra Carolina Manucci Bizzotto, 13, vencedores da seletiva FEI Children em solo brasileiro no início de setembro de 2017.
 
Os jovens talentos estrangeiros competem com cavalos emprestados distribuidos via sorteio. Nessa primeira prova, Pietra com El Ninjo fez pista limpa, em 67s81, emplacando em 7º lugar. Já Philip que montou Adinka fechou com uma falta em 62s99, quarto melhor tempo, na 14ª colocação. A vitória ficou com Maya de Presle montando Qianyu Zhang, pista limpa, 56s35, pela China. Familiares e o treinador uruguaio Ruben Elisbón Martinez, o Bybon, radicado no Brasil, acompanham os dois representantes do Brasil.
 
A ordem de classificação do primeiro dia define a ordem de entrada do segundo dia e, na final, a ordem de entrada é definida pelos pontos na primeira e segunda prova. Todos os conjuntos podem disputar a final e a contagem é zerada.
 
Além da disputa individual na corrida pelo ouro há um desafio por equipes. A equipe Champions Team da amazona brasileira Pietra ao lado da colombiana Ivanna Saldarriaga Vargas,Zhirang Shi 史知让, pela China, e Sham Al Assad, pela Síria vem em 1º lugar, sem faltas, em 202s82. Já equipe Dream Team com o brasileiro Philip, o mexicano Mijael Ganon, o alemão Kim Pauline Höper e CHN Yini Liang 梁旖旎 da China ocupa o 3º posto, 4 pontos, 193s34.
 
Promovido e organizado anualmente pela Federação Equestre Internacional e reunindo amazonas e cavaleiros com idade entre 12 e 14 anos, o FEI Children tem seletivas em diversos países com o objetivo de selecionar os 16 melhores conjuntos da categoria, com participação máxima de dois conjuntos por país. Estes 16 melhores do mundo se juntaram a outros 4 conjuntos do país ou região anfitriã com representantes do Brasil, França, México e Síria habilitaram dois finalistas cada e Argentina, Canadá, Colômbia, Alemanha, Guatemala, Nova Zelândia, África do Sul e Rússia, um. Em edições anteriores eram 16 os jovens talentos do país sede.
 
Histórico brasileiro na competição - Em 2013 a final FEI Children foi em Brasília e teve Brasil no placar com Paulo Roberto Brasileiro de Miranda, medalha de prata e Filipe Baratella Risi, bronze. Em janeiro de 2012, a Final 2011 do Fei Children´s International Jumping foi em Hong Kong e teve como campeã a brasileira Sarah Vasconcellos, também ouro por equipes. Em 2002 a final também foi na capital brasileira e o pódio foi 100% verde amarelo: Maira Machado Pinheiro, ouro, Fabio Genes, prata, Fernando Pasmanick Schilis, bronze. Em 2003, no Canadá, Fabio Genes honrou o Brasil com a medalha ouro.
 
Na última final, Lys Katherine Park Kang e Rafaela Dias Melo, respectivamente, campeã e vice da seletiva brasileira em 2016, representaram o Brasil na Final em Guadalajara em janeiro 2017. Lys garantiu o 4º posto individual.
 
Veja Também: 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rio 2016

Hortência dá conselhos ao filho:  "Vila Olímpica é disneylândia sexual"

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook