Rafael Isasa é campeão e Stephan Barcha vice no GP de Aniversário da Hípica Brasileira

Cavaleiro uruguaio de 23 anos dá show na pista e entra no hall dos campeões Troféu Perpétuo Roberto Marinho. Cavaleiro olímpico Stephan Barcha é vice e Artemus Almeida mantém a liderança do Ranking Brasileiro Senior Top, que tem sua final em São Paulo, entre 7 e 10/12 / Foto: Luis RuasCavaleiro uruguaio de 23 anos dá show na pista e entra no hall dos campeões Troféu Perpétuo Roberto Marinho. Cavaleiro olímpico Stephan Barcha é vice e Artemus Almeida mantém a liderança do Ranking Brasileiro Senior Top, que tem sua final em São Paulo, entre 7 e 10/12 / Foto: Luis Ruas

São Paulo - O uruguaio Rafael Rodriguez Isasa, 23, entrou para a história como um dos mais jovens cavaleiros campeões do Grande Prêmio - Troféu Roberto Marinho, instituído há 28 anos, no 79º Aniversário da Sociedade Hípica Brasileira, na tarde do domingo, 26/11.
 
O exigente e delicado percurso proposto pelo course-designer internacional Hélio Pessoa na primeira volta da competição teve apenas dois conjuntos sem faltas: Rafael Isasa com P Compadre Wind Shear e Felipe Juarez, com Challenger JMen II. Outros nove - quatro com uma falta e cinco com duas - voltaram para a 2ª e decisiva volta.
 
Com muita eficiência e único com 100% de aproveitamento, ao final, somente Rafael Isasa que representa São Paulo com P Compadre Wind Shea, um sela holandês de 14 anos de propriedade de Felipe Amaral, reserva do Time Brasil na Rio 2016, fez duplo zero 51s15. Sagrou-se vice-campeão o também olímpico Stephan Barcha, 28, montando Chevaux Unforgetable que fechou com 1 falta trazida da 1ª volta e pista limpa na 2ª, 49s28.
 
Já o 3º posto ficou com Luiz Felipe Pimenta Alves com VDL Valdez, que também trouxe um derrube para o segundo percurso e fechou o 2º zerado, em 50s55. Ambos representam Brasília. Na 4ª colocação aparecem o carioca Thiago Mattos e Hermes do Santo Antonio com apenas uma penalidade no primeiro percurso, 53s18.
 
Completaram o placar na 5ª e 6ª colocação José Roberto Reynoso Fernandez com Azrael W, com uma falta a cada volta, no melhor tempo 45s45, e Artemus de Almeida com Una Bella 9, oito pontos, 49s04, por São Paulo.
 
Ranking Brasileiro Senior Top - Com esse resultado Artemus - que competiu sem sua principal montaria recém exportada para Alemanha e montou Una Bella 9 de propriedade de sua aluna Victoria Mendonça - mais uma vez confirmou a liderança do ranking Brasileiro Senior Senior Top, após a 8ª de 9 etapas. Felipe Amaral segue vice líder e Zé Reynoso vem em 3º(contagem oficial em breve). A 9ª e última etapa acontece entre 7 e 10/12, no Concurso de Salto Nacional Top Riders, na Sociedade Hípica Paulista.
 
Rafael Isasa e Felipe Amaral comemoram - Era difícil de descobrir quem estava mais feliz. Se o jovem Rafael Isasa ou o instrutor e proprietário do animal vencedor, Felipe Amaral, que nunca competiu com o animal que chegou da Europa no final do ano passado.O jovem campeão explicou que Amaral emprestou o P Compadre para ele saltar o Campeonato Sul-americano - Odesur 2018 e formar uma equipe competitiva pelo Uruguai, como parte do projeto ciclo olímpico do país. Isasa mora em Montevideo, onde monta e vem ao Brasil apenas para competir.
 
“Esse é sem dúvida o título mais importante da minha carreira e o segundo Grande Prêmio que eu salto com o cavalo. Estava muito difícil, até porque, no Uruguai, o nível técnico das competições é muito mais baixo. Mas ainda bem que deu tudo certo”, festejou o campeão, que monta o cavalo de seu instrutor desde março deste ano quando Amaral foi ao Uruguai dar uma clínica.
 
Resultado completo.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rio 2016

Hortência dá conselhos ao filho:  "Vila Olímpica é disneylândia sexual"

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook