Seleção masculina vê evolução após treinos e jogos na Hungria

Felipe Borges - Ponta Esquerda / Foto: Cinara Piccolo/CBHbFelipe Borges - Ponta Esquerda / Foto: Cinara Piccolo/CBHb

São Paulo - A seleção masculina de Handebol terminou com um saldo bastante positivo a fase de treinamentos e amistosos realizada na Hungria. Esta é a avaliação do técnico Washington Nunes, que prepara o time para a disputa dos Jogos Sul-Americanos, em Cochabamba, na Bolívia, de 3 a 7 de junho.
 
"Conseguimos, após longo período, concentrar a seleção novamente. O trabalho defensivo foi resgatado e obteve um bom desempenho, o time jogou desfalcado de Thiago Ponciano, que precisou extrair um dente do siso, e Henrique Teixeira, lesionado", disse o técnico. "O mais importante foi que as propostas ofensivas fizeram com que o trabalho terminasse com balanço positivo", festejou Nunes, que chegou ao Brasil na tarde desta segunda, dia 9.
 
No fim de semana, a seleção disputou dois amistosos. No primeiro, contra a Áustria, conseguiu uma vitória por 29 a 27. "Fomos bem, tivemos equilíbrio ofensivo e defensivo", avaliou o treinador.
 
Já contra a Hungria, o time sofreu um revés por 30 a 22. Nunes, no entanto, ressalta a capacidade de reação do time na segunda etapa. "Tivemos dificuldade no primeiro tempo, e o jogo ficou decidido aí (os húngaros marcaram 17 a 11). Mas na segunda etapa conseguimos mudar a forma de atacar e ser mais competitivos. Esse tempo acabou com só dois gols de vantagem para eles (13 a 11)", contou Nunes.
 
Ele avalia que, com as novas fases que terá pela frente, conseguirá melhorar ainda mais o jogo da equipe. Depois dos Jogos Sul-Americanos, o Brasil vai viajar para a Groenlândia, onde buscará o título do Pan de Handebol e uma vaga no Campeonato Mundial de 2019.
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook