Acampamento Nacional recebe pela primeira vez atletas do Infantil Feminino

Atividades começam nesta quinta-feira (23) e vão até dia 2 de dezembro / Foto: Cinara Piccolo/Photo&GrafiaAtividades começam nesta quinta-feira (23) e vão até dia 2 de dezembro / Foto: Cinara Piccolo/Photo&Grafia

São Paulo - Depois de receber jovens do Juvenil Masculino, Juvenil Feminino, Cadete Masculino, Cadete Feminino e Infantil Masculino, o Acampamento Nacional de Desenvolvimento e Melhoria Técnica do Handebol, projeto da Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) em parceria com os Correios, chega à última ação do ano no Centro Nacional de Desenvolvimento da modalidade, em São Bernardo do Campo (SP).
 
A partir desta quinta-feira (23), o trabalho será com as atletas do Infantil Feminino até dia 2 de dezembro. Esta será a primeira vez que o projeto atenderá as meninas desta categoria.
 
Ao todo, serão 66 jogadoras de 14 estados diferentes, mais o Distrito Federal: Paraíba, Amazonas, São Paulo, Paraná, Goiânia, Maranhão, Santa Catarina, Rio Grande do Norte, Mato Grosso, Piauí, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Sergipe e Alagoas.
 
Esta será uma grande oportunidade para o desenvolvimento da modalidade entre jovens com pouca idade, começando desde cedo a padronização da prática do esporte em todo o País, que é o grande objetivo do Acampamento.
 
"Isso é um marco. Estamos conseguindo implantar os Acampamentos Regionais e, agora no Nacional, vamos estar só com as melhores atletas do País. Vamos iniciar um trabalho para que as meninas sintam um peso menor quando vestirem a camisa da Seleção mais à frente. A importância do Acampamento é gigantesca, é nele que as meninas começam a vivenciar a Seleção desde mais cedo e estarão mais preparadas para as competições internacionais", disse Viomário da Silva, técnico da equipe infantil feminina da UNIP/São Bernardo (SP) e um dos coordenadores do Acampamento Infantil Feminino.
 
"A ideia é que consigamos fazer um trabalho único do infantil até o adulto, dentro do sistema ofensivo e defensivo, onde consigam cumprir as etapas das categorias. O Jorge Dueñas (técnico da Seleção Adulta) passou um trabalho defensivo que é para seguirmos essa sequência, dando informações do sistema de defesa 5:1 para que as atletas possam chegar no adulto já com uma grande formação técnica", acrescentou.
 
Após o fim das atividades, serão selecionados os 20 melhores de cada categoria para integrarem as Seleções Brasileiras de base.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook