Medalhistas na Liga Nacional embarcam para fase que antecede o Mundial Feminino

Dani Joia, Tamires Anselmo e Dayane Pires foram convocadas por Jorge Dueñas para torneio na Romênia / Foto: Ricardo Valarini/Photo&GrafiaDani Joia, Tamires Anselmo e Dayane Pires foram convocadas por Jorge Dueñas para torneio na Romênia / Foto: Ricardo Valarini/Photo&Grafia

São Paulo - A fase final da Liga Nacional Feminina de Handebol terminou nesse domingo (19) e coroou a UnC/Concórdia (SC) como grande campeã de 2017, a Unip/São Bernardo (SP) como vice e o EC Pinheiros (SP) como terceiro colocado. Logo após o fim dos jogos no Ginásio Baetão, em São Bernardo do Campo (SP), três integrantes das equipes que conquistaram medalhas na competição embarcaram para a Romênia, onde se juntam ao restante das convocadas da Seleção para a disputa de um importante torneio que antecede o Mundial Feminino da Alemanha, com início no dia 2 de dezembro. 
 
Dani Joia e Tamires Anselmo, do Pinheiros (SP), medalhistas de bronze, e Dayane Pires, da Unip/São Bernardo (SP), medalhista de prata, já haviam sido convocadas pelo técnico Jorge Dueñas para o compromisso. Elas embarcaram ontem mesmo para a Europa e se apresentaram à Seleção Brasileira nesta segunda-feira (20) junto com o restante das atletas, que seguem de diversos países do Velho Continente.
 
O Brasil participará de um torneio preparatório na Romênia, entre sexta-feira (24) e domingo (26), contra as donas da casa, a Polônia e a Macedônia, e a equipe irá contar nesta fase com 17 jogadoras. Na sequência, o grupo será reduzido a 16 nomes para o Mundial na Alemanha.
 
Dani Joia falou sobre o início de trabalho com o treinador espanhol. "O Dueñas é muito simples e objetivo. Ele passa coisas bem básicas, falou que a nossa proposta será impor uma defesa bem mais agressiva, e tentar roubar as bolas para fazer os gols fáceis nos contra-ataques. Gostamos muito dele. É uma pessoa que sabe demais, é um medalhista olímpico. Entendemos que será um processo demorado, porque estamos passando por uma renovação não só da comissão técnica, como de parte do grupo. Estamos bastante positivas em relação ao trabalho que ele tem feito com o Brasil", afirmou a armadora central, que ganhou este ano uma oportunidade de integrar a equipe em diferentes ocasiões, inclusive no Pan-Americano, classificatório para o Mundial. 
 
Outra convocada do Pinheiros foi Tamires Anselmo. A pivô falou sobre os objetivos dos próximos dias. "É um novo ciclo, estamos mudando, mas estamos bem focadas e será uma fase muito boa para nos entrosarmos mais e podermos surpreender. Tomara que dê tudo certo. Nosso foco principal é nos classificarmos para as oitavas e depois jogar tudo ou nada e tentar uma posição melhor ainda. Na sequência, passar das oitavas, quartas e, possivelmente, pensar em uma final. Lógico que temos que sempre pensar alto", disse.
 
A ponta esquerda Dayane Pires, que foi vice-campeã da Liga com a UNIP/São Bernardo (SP), contou que se surpreendeu com a convocação e também falou sobre a expectativa. "Eu esperava que podia acontecer de tudo, tanto ir quanto não ir. Estava muito tranquila caso não acontecesse. Eu tinha convicção que não tinha ido tão bem ofensivamente na etapa anterior, mas, quando saiu a convocação, fiquei muito feliz. Agora, vou tentar melhorar em todos os treinos e jogos para que eu consiga atingir as minhas expectativas e das pessoas que estão confiando em mim para o Mundial. O objetivo será jogo a jogo, ganhar e lutar para que consigamos um resultado melhor passo a passo", declarou.
 
A equipe irá iniciar as atividades na Romênia já nesta terça-feira (21). Na sexta-feira (24), enfrenta a Macedônia às 16h (horário de Brasília). No sábado (25), o jogo será contra a Polônia às 10h, e no domingo (26), contra as donas da casa, às 12h.
 
Seleção Feminina
 
Goleiras - Bárbara Arenhart (Club Vaci NKSE-Hungria), Gabriela Moreschi (Larvik Handball Klubb-Noruega) e Mayssa Pessoa (Club Rostov Don-Rússia).
 
Armadoras - Deonise Fachinello (CS Magura Cisnadie-Romênia), Eduarda Amorim (Gyori Audi ETO-Hungria), Karoline Souza (Club Vaci NKSE-Hungria) e Pagricia Batista da Silva (Thuringer-Alemanha).
 
Centrais - Ana Paula Rodrigues Belo (Club Rostov Don-Rússia), Danielle Jóia (Pinheiros-SP) e Patrícia Matieli Machado (Vistal Gdynia-Polônia).
 
Pontas - Dayane Pires da Rocha (São Bernardo/Unip-SP), Jessica Quintino (HC Odense-Polônia), Mariana Costa (CS Magura Cisnadie-Romênia) e Samira Rocha (Kisvarda Master Good-Hungria).
 
Pivôs - Lígia Costa (Pogon Szczecin-Polônia), Tamires Anselmo Costa (Pinheiros-SP) e Tamires Morena-(Larvik Handball Klubb-Noruega).
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook