Veterano nos Jogos Escolares tenta mais uma medalha no handebol

Armador Rafael Savegenini participa pela terceira vez dos Jogos em busca do terceiro pódio / Foto: Gaspar Nóbrega/Exemplus/COBArmador Rafael Savegenini participa pela terceira vez dos Jogos em busca do terceiro pódio / Foto: Gaspar Nóbrega/Exemplus/COB

Curitiba - Pela terceira vez nos Jogos Escolares da Juventude, Rafael Savegenini é o destaque do time de handebol do Colégio Castro Alves de Cariacica (ES), que disputa a medalha de bronze do torneio da primeira divisão contra a Escola Jardim Maravilha (RJ), na tarde desta quinta-feira, dia 21. A disputa pelo ouro será entre o colégio Eduardo Gomes (SP) e a Escola 13 de maio (MT).
 
Em 2015, com apenas 12 anos, Rafael começou a treinar inspirado no irmão, Ricardo Savegenini, que também disputou os Jogos Escolares, até seus 17 anos.
 
No mesmo ano em que começou a jogar handebol, Rafael foi campeão dos Jogos Escolares. Em 2016, voltou ao pódio com o bronze. Hoje, convicto sobre seu futuro no esporte, Rafael faz planos. “Eu quero continuar jogando pela escola até meus 17 anos e depois disso ir para um grande clube”, disse. O garoto tem como meta disputar os Jogos também na etapa de 15 a 17 anos, e sonha em integrar a seleção brasileira. 
 
Pelas semifinais, disputadas  na quarta, o Colégio Castro Alves (ES) foi derrotado pelo Colégio Eduardo Gomes (SP) por 24 a 22, e Escola Estadual 13 de Maio (MT) venceu a  Escola Jardim Maravilha (RJ) por  20 a 13.  
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook