Escola pernambucana vence no handebol em estreia nos Jogos Escolares

Partida foi decidida na prorrogação e terminou em 22 a 18 / Foto: Washington Alves/Exemplus/COBPartida foi decidida na prorrogação e terminou em 22 a 18 / Foto: Washington Alves/Exemplus/COB

Curitiba - Depois da derrota na estreia do torneio masculino de handebol nos Jogos Escolares da Juventude Curitiba 2017, por 20 a 14, para a equipe do Pará, a Escola Municipal Professora Eliete Araújo de Souza, de Petrolina (PE), da segunda divisão, disputou um jogo emocionante contra os cearenses do Colégio José Romão, de Sobral. A partida foi decidida na prorrogação e terminou em 22 a 18 para os pernambucanos.
 
Essa é a primeira vez que o time da escola representa Pernambuco na fase nacional. Segundo o representante técnico Rogério Granja, é um trabalho que vem sendo feito a longo prazo. “A escola trabalha há muitos anos com o handebol, então a aceitação dos pais é muito grande, eles fazem um acompanhamento bem legal”, contou. “Pernambuco tem o handebol como segundo esporte mais praticado a nível escolar”, completou Rogério.
 
Entre os atletas que formam a equipe pernambucana está Luiz Gustavo, de 14 anos, que pratica handebol há apenas um ano e têm revelado um talento promissor. Na fase estadual, o jovem foi eleito o melhor atleta e chegou a receber homenagem do prefeito de Petrolina durante o desfile de sete de setembro. “Eu espero ser campeão, mas principalmente, representar bem o meu estado”, afirmou o menino, orgulhoso.
 
O treinador Marcos Campos destaca que, além de ser a primeira vez do time nos Jogos, é também o primeiro campeonato nacional de seus atletas. “Para nós a maior importância de estar aqui hoje é que eles tenham a experiência da competição brasileira, para no ano que vem voltarem mais fortes”, alegou.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook