Brasil faz jogo difícil no Mundial Juvenil Masculino de Handebol

Seleção foi superada pela Polônia na segunda rodada do campeonato / Foto: Cinara Piccolo/PhotoegrafiaSeleção foi superada pela Polônia na segunda rodada do campeonato / Foto: Cinara Piccolo/Photoegrafia

Geórgia - O Brasil fez um jogo forte, mas acabou sendo superado pela Polônia na segunda rodada do Mundial da Geórgia, nesta quinta-feira (10). A equipe europeia demonstrou um grande poder de ataque e fechou a partida em 29 a 25 (16 a 8 no primeiro tempo).
 
Os adversários, que entraram na disputa do Mundial de última hora após a desistência da Venezuela, impuseram uma grande dificuldade ao Brasil no início. Com um ataque rápido, conseguiram abrir vantagem, apesar da atuação brasileira na defesa. Na segunda parte, os brasileiros conseguiram melhorar nos contra-ataques e diminuir a vantagem dos oponentes, deixando a disputa mais equilibrada, porém, a Seleção não conseguiu reverter o resultado a tempo.
 
"Jogamos um primeiro tempo com uma defesa aberta. Conseguimos ter eficiência para entrar em posse de bola, mas não tivemos eficiência no contra-ataque e isso foi muito ruim. A equipe deles se adaptou ao nosso sistema 5:1 e nesse momento tivemos problemas tanto defensivamente, mas sobretudo no ataque para passar por um bloco 6:0 muito pesado", explicou Washington Nunes, técnico do Brasil.
 
A avaliação do segundo tempo foi bem mais positiva. "A postura da equipe na segunda parte mudou completamente. Alteramos o sistema defensivo, começamos a entrar em posse de bola, saímos muito ao contra-ataque, estivemos próximos de empatar, mas de novo pecamos por alguns erros de finalização. O que tem acontecido é que conseguimos construir jogadas, e na hora da definição temos problemas. Saímos satisfeitos com o segundo tempo", comentou.
 
"Os meninos lutaram muito. Esse espírito de luta deles tem que ser ressaltado, e temos que continuar pensando que a classificação é possível. O grupo está embolado. Hoje, a Coreia surpreendeu vencendo a Croácia, então, temos possibilidade de jogar de igual para igual com todo mundo e sonhar com a classificação. Isso não está fora de questão e vamos buscar", frisou Washington.
 
Amanhã, às 11h (horário de Brasília), será a vez de enfrentar os argentinos pela terceira rodada. O confronto é crucial para ambas as equipes que buscam o primeiro resultado positivo na competição. A Argentina também fez dois jogos: perdeu para a Polônia no primeiro dia e hoje para Portugal.
 
Gols do Brasil - Guilherme Moraes (6), Pedro (4), Leonardo (4), Maycon (4), Gustavo (2), Ronaldo (2), Tarcísio (1), Fabrício (1) e Leandro (1).
 
Programação - grupo C
*Horario de Brasília
 
Terça-feira (8)
Croácia 30 x 30 Portugal 
Polônia 26 x 22 Argentina
Coreia do Sul 35 x 33 Brasil
 
Quinta-feira (10)
Portugal 30 x 28 Argentina 
Coreia do Sul 33 x 31 Croácia 
Polônia 29 x 25 Brasil
 
Sexta-feira (11)
9h - Croácia X Polônia 
11h - Argentina X Brasil 
13h - Portugal x Coreia do Sul
 
Domingo (13)
9h - Argentina x Coreia do Sul
11h - Brasil x Croácia 
13h - Polônia x Portugal
 
Segunda-feira (14)
9h - Polônia x Coreia do Sul 
11h - Brasil x Portugal 
13h - Croácia x Argentina
 
Quarta-feira (16)
Oitavas de final
 
Quinta-feira (17)
Quartas de final
 
Sábado (19)
Semifinal
 
Domingo (20)
Final
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook