Com apenas 12 anos, Viviane Oda Miranda é uma joia a ser lapidada

Ginasta paulista é destaque na Ginástica Rítmica da segunda divisão / Foto: Wander Roberto/Exemplus/COBGinasta paulista é destaque na Ginástica Rítmica da segunda divisão / Foto: Wander Roberto/Exemplus/COB

Curitiba - Novata na competição, com apenas 12 anos, a ginasta Viviane Oda Miranda, representante da Escola Professora Alcina Novaes Moraes, de São Paulo, chamou atenção com sua habilidade em movimentos rápidos e graciosos.
 
A atleta paulista conquistou as três medalhas de ouro do torneio de segunda divisão da Ginástica Rítmica dos Jogos Escolares da Juventude Curitiba 2017. Viviane foi a campeã no arco e na bola, ficando também em primeiro lugar na classificação geral.
 
Para a treinadora Maria Carolina Nogueira, esse resultado é fruto de muita dedicação da atleta. “Ela é muito dedicada, sai da escola e vai para o treino, não falta nunca. Ela se esforça nas apresentações para ser a melhor. É uma joia rara a ser lapidada”, disse Maria.
 
“Eu estou feliz com o resultado, é meu primeiro ano na competição, eu não sei nem explicar o que estou sentindo agora”, conta a ginasta, que treina desde os 4 anos de idade. A coreógrafa de Viviane, Ana Paula Scheffer, estava de olhos fechados buscando vibração e energia positiva até minutos antes do sino de início da apresentação tocar. “É muito gratificante ser coreógrafa da Viviane, ela tem um futuro brilhante pela frente, vai nos orgulhar muito”, disse Scheffer, ex-atleta da seleção brasileira.
 
Viviane alcançou 10,350 pontos no arco, e 10,900 na bola, ficando com 21,250 no geral. A segunda colocada foi a Curitibana Nicole Napoli Herkenhoff, do colégio Positivo (20,050) e a terceira, Ana Luisa Passos Neiva, da Católica de Brasília (19,450).
 
A medalha de prata no arco ficou com a Curitibana Mariana Vitória Gonçalves Pinto, da Escola São Miguel (10,150). O bronze foi para a Bahia, com a atleta Alana Barbosa Santos, do Colégio Estadual Manoel Vitorino (10,000).
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook