Resultados do brasileiro juvenil e pré infantil de ginástica rítmica

Competição foi realizada em Manaus (AM) e contou com a presença de uma geração bastante promissora / Foto: DivulgaçãoCompetição foi realizada em Manaus (AM) e contou com a presença de uma geração bastante promissora / Foto: Divulgação

Manuas - O público de Manaus (AM) pôde conferir talento de sobra de uma nova geração bastante promissora da ginástica rítmica durante o Brasileiro Juvenil e Pré-Infantil. O campeonato foi realizado de quinta-feira (17) a domingo (20) e mostrou que a modalidade tem um grande futuro.
 
Atletas de 31 clubes competiram no Centro de Treinamento de Ginástica Artística e Rítmica Bianca Maia Mendonça pelos títulos por equipe, individual geral e por aparelhos. Para as atletas foi uma grande oportunidade de colocar em prática as séries de acordo com o novo código de pontuação da Federação internacional (FIG) para o ciclo oímpico 2017-2020. Elas foram avaliadas de acordo com o novo código por árbitros internacionais e nacionais. 
 
"Tivemos um belo espetáculo. Foi a primeira competição oficial da CBG do ciclo, com um sistema de avaliação modificado pela FIG e já pudemos observar como o novo código de pontuação está mais democrático, na medida em que possibilita que as ginastas que cumpram a série com menos erros consigam atingir as melhores notas. Só para exemplificar, 24 ginastas diferentes tiveram a oportunidade de voltar para competir as finais por aparelho na categoria juvenil", explicou Renata Teixeira, coordenadora de ginástica rítmica da CBG. 
 
Ela conta que o campeonato também foi um bom teste para os árbitros com relação ao novo código. "A arbitragem demonstrou amplo conhecimento das regras do novo código de pontuação, avaliando as ginastas de acordo com as apresentações e possibilitando que os resultados refletissem o que foi apresentado em quadra", acrescentou Renata. 
 
"A competição contou com uma organização muito eficiente da Federação Amazonense de Ginástica e da Confederação Brasileira de Ginástica em um ginásio amplo com quatro áreas de treinamento, o que eleva muito a qualidade do evento", encerrou. 
 
A competição teve a presença de atletas dos clubes Espaço Cultural GRM (MG), Associação Tryade (SP), Clube Ítalo Brasileiro (ES), Cris Vital GR Club (SE), Tuiuti Esporte Clube (SP), ADR Unopar (PR), SESI Alagoas (AL), AA Adalberto Valle (AM), AER Sadia (PR), Escola de Campeãs (ES), AEGR Estrela de Rondônia (RO), ADIEE Udesc (SC), Colégio Marista Maceió (AL), I. Dom Fernando Gomes (SE), CT Gorba (BA), Club Sportivo Sergipe (SE), Colégio Jardins (SE), AG Happy Gym (RJ), Associação GRC (PR), Fantástica - Associação de GR (PR), Clube Agir (PR), Adamce (AM), CTE Thalyta Almeida (SE), SERC Santa Maria (SP), Osasco (SP), AGRD de Joinville (SC), SESI-DF (DF), AGIN (SC), CG do Pará (PA) e CA Aeronáutica Brasília (DF).
 
Resultados completos:
http://bit.ly/2w0TMpn

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook