Seleções fazem treino controle na Bulgária de olho no Mundial

Expectativa para a principal competição do ano é bastante positiva / Foto: DivulgaçãoExpectativa para a principal competição do ano é bastante positiva / Foto: Divulgação

Bulgária - A reta final de preparação das Seleções de Ginástica Rítmica Individual e de Conjunto para o Campeonato Mundial tem sido de muito trabalho.
 
Sem perder tempo, após a participação na Copa do Mundo de Kazan, na Rússia, no fim de semana, as atletas e comissão técnica partiram pra a Bulgária, onde estão em treinamento junto com a Seleção do País, uma das melhores do Mundo. Nesta quinta-feira (17), o dia foi reservado para treino controle, quando as atletas fazem diante de árbitros, uma simulação de competição.
 
A participação brasileira em Kazan, que é uma das principais etapas de Copa do Mundo do calendário da Federação Internacional de Ginástica (FIG), foi bastante positiva. O conjunto chegou à final da apresentação de cinco arcos e Natália Gaudio ficou na reserva da prova de fita. Mesmo assim, tanto para o conjunto como para o individual, que conta também com a presença de Karine Walter, vários pontos precisam ser trabalhados até a estreia no Mundial de Pesaro, na Itália, no dia 30 desse mês.
 
O conjunto é formado por Alanis Avila, Francielly Pereira, Gabrielle Silva, Heloísa Bornal, Jessica Maier, Marine Vieira, Thainá Santos e Thaís Santos, é acompanhado pela treinadora Camila Ferezin e pela assistente técnica Bruna Rosa. Já no individual o Brasil conta com Natália Gaudio e Karine Walter, com as técnicas Monika Queiroz e Gracieli Morais.
 
Para Monika, treinadora de Natália, a representante brasileira do individual nos Jogos Olímpicos Rio-2016, o treino controle foi bem positivo. "Estou bastante satisfeita com o controle de hoje. Fizemos várias modificações essa semana nos quatro exercícios da Natália, e hoje nos controles conseguiu fazer 80% desses novos elementos e isso é muito importante tanto pro aspecto psicológico quanto também para a parte técnica."
 
Gracieli, treinadora da ginasta Karine Walter, ressaltou a oportunidade de treinar junto com as búlgaras, afirmando que tem sido mais um grande ganho de experiência para a atleta, que estreia na Seleção. "Treinar e competir ao lado das melhores ginastas do Mundo, que costumávamos ver somente pela internet é indescritível e nos motiva a buscar evoluir cada vez mais. Nossa estreia foi boa, mas vamos trabalhar intensamente para que no Mundial possamos ir ainda melhor. Esse treinamento na Bulgária será muito importante para nossa evolução", resumiu a técnica.
 
Para o conjunto, chegar à final da prova de cinco arcos em Kazan foi um grande ganho, ainda mais por se tratar da primeira competição internacional do novo ciclo olímpico e também porque o grupo foi renovado este ano. Com isso, as meninas seguem confiantes em um bom desempenho nas competições futuras e também destacam o treino controle de hoje para contribuir com a evolução.
 
"Hoje, depois de dois dias de treinamentos intensos aqui na Bulgária, fizemos nosso primeiro treino controle com as novas pequenas mudanças nas séries. Nesses treinamentos fizemos melhorias tanto nos manejos dos aparelhos, quanto nas expressões, e hoje conseguimos notar a diferença que isso faz nas coreografias. Ainda tivemos pequenas falhas devido às mudanças, mas temos mais uma semana e meia de muito treino para ajustar os detalhes e chegar ao Mundial no ápice da nossa performance. O treinamento de hoje nos mostrou que estamos no caminho certo!", afirmou Gabrielle Silva uma das integrantes do Conjunto.
 
As Seleções ficam na Bulgária até o dia 26 e, de lá, seguem para Pesaro. O Mundial vai de 30 de agosto a 2 de setembro.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook