Seleções de Ginástica têm boas expectativas para a Copa do Mundo da Espanha

Etapa de Guadalajara encerra ‘maratona’ de treinamentos e competições das brasileiras na Europa / Foto: Ricardo Bufolin/CBGEtapa de Guadalajara encerra ‘maratona’ de treinamentos e competições das brasileiras na Europa / Foto: Ricardo Bufolin/CBG

Espanha - As Seleções Brasileiras de Ginástica Rítmica seguem com o intercâmbio de treinamento e de competições na Europa, em preparação para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.
 
Após passarem por Minsk, na Bielorrússia, e por Sófia, na Bulgária, para Copas do Mundo, as ginastas estão em Guadalajara, na Espanha, para mais uma etapa dessa forte competição. O desafio em terras espanholas será no Pavilhão Multiusos de Guadalajara e terá as classificatórias realizadas nesta sexta-feira (3) e sábado (4), com aproximadamente 200 ginastas inscritas. As oito melhores em cada aparelho avançam às finais de domingo (5).
 
No total, serão quase trinta dias de preparação intensiva fora do Brasil, tudo para fazer história nas Olimpíadas, em agosto. Para Gabrielle Moraes, bronze com o conjunto na Copa do Mundo de Minsk, na Bielorrússia, em 2013, a experiência de treinar e competir ao lado das melhores equipes do mundo é sempre muito boa. "Essas competições são importantes para ganharmos cada vez mais confiança dentro de quadra. A cada etapa de Copas do Mundo que participamos temos a chance de mostrar o nosso trabalho e conseguirmos notas ainda melhores, sempre visando o nosso objetivo maior, que são os Jogos Olímpicos", explicou a paranaense de 19 anos.
 
Companheira de Gabrielle na Seleção de Conjunto, Morgana Gmach também destacou o forte trabalho que vem sendo feito pela equipe e as expectativas para a Copa do Mundo da Espanha. "Nós temos participado de muitas competições, os treinos estão intensos e temos tudo para crescermos ainda mais. Na etapa de Guadalajara não queremos ter falhas nas séries. O nosso objetivo é melhorar o nosso desempenho, aumentar as nossas notas e, claro, ir para a final", frisou a ginasta.
 
Pelo individual, a técnica de Natália Gaudio, Monika Queiroz, disse estar feliz com os resultados que estão sendo alcançados pela brasileira e que a tendência é que as apresentações melhorem ainda mais. "Esse período na Europa está sendo uma excelente oportunidade para intercâmbio de conhecimento, novas vivências e também para informações sobre o próximo ciclo. As notas da Natália estão cada vez maiores. Estamos satisfeitas com os resultados", encerrou a experiente treinadora.
 
Após a Copa do Mundo da Espanha, as ginastas retornam aos treinamentos no Brasil. No fim de junho, voltam à Europa para mais competições.
 
Programação (Horário de Brasília):
 
Sexta-feira (3)
10h às 14h45: classificatórias individual arco e bola
14h45 às 15h: cerimônia de abertura
15h às 15h40: classificatória conjunto cinco fitas
 
Sábado (4)
10h às 14h45: classificatórias individual maças e fita
15h às 15h40: classificatória conjunto arco e maças
15h45 às 16h: cerimônia de premiação individual geral e conjunto geral
 
Domingo (5)
10h às 11h: finais individual arco e bola
11h05 às 11h45: final conjunto cinco fitas
12h às 13h: finais individual maças e fita
13h05 às 13h45: final conjunto arco e maças
13h50 às 14h10: cerimônias de premiação por aparelho individual e conjunto
 

Veja Também: 

 

 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook