Brasileiros esperam forte competição nos Jogos Sul-Americanos da Juventude

Equipe brasileira é formada por dez ginastas, que iniciam disputa no domingo (1°), em Santiago, no Chile / Foto: DivulgaçãoEquipe brasileira é formada por dez ginastas, que iniciam disputa no domingo (1°), em Santiago, no Chile / Foto: Divulgação

Chile - Um grupo de dez atletas vai representar o Brasil na Ginástica Artística nos Jogos Sul-Americanos da Juventude, em Santiago, no Chile. Além das apresentações do esporte, que serão realizadas de domingo (1º) a sexta-feira (6), a competição contará com outras 20 modalidades.
 
No masculino, estão Diogo Brajão Soares, que será o porta-bandeira do Brasil na cerimônia de abertura, Lucas Eduardo Costa de Souza, Mateus Camilo Neves da Silva, Murilo Miguel de Souza Pontedura e Patrick Sampaio Barone, comandados pelo treinador Pietro Victor Salerno Leddomado. Já o feminino tem Beatriz Benedetti da Silva, Bianca Silva Tavares, Júlia Lopes Pereira, Sofia Carneiro Ferrer de Moraes e Luísa Helena da Silva, e o treinador é Clayton Xavier de Carvalho.
 
"Vamos dar o nosso melhor parar buscarmos um bom resultado por equipes, mas o campeonato contará com países fortes. A Argentina está muito bem e preparada, e nós disputaremos o pódio com elas. Vamos em busca do pódio", disse Clayton.
 
Os nomes foram determinados após seletiva realizada pela Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) no fim de junho, em São Bernardo do Campo (SP). Os ginastas que participaram das avaliações atenderam ao seguinte critério: no feminino, são nascidas entre 1° de janeiro e 31 de dezembro de 2003; no masculino, de 1° de janeiro a 31 de dezembro de 2002. O regulamento da seletiva seguiu o código de pontuação da ginástica artística na categoria juvenil para o ciclo olímpico 2017-2020.
 
Nos dois primeiros dias em Santiago, a programação começa às 10h com os treinamentos das duas categorias. Já na terça-feira (3), será a competição por equipes e individual geral do feminino às 10h. No dia seguinte, no mesmo horário, as masculinas. Na quinta, serão as finais do solo, cavalo com alças e argolas no masculino e do salto e assimétricas no feminino. A sexta, último dia de competição, terá as finais do salto, barras paralelas e barra fixa no masculino e do solo e da trave no feminino.
 
O campeonato continental teve a primeira edição em 2013, quando o Brasil liderou o quadro de medalhas - a ginástica artística fechou a participação com 19. A competição, inspirada nos Jogos Olímpicos da Juventude, reúne atletas de 14 a 17 anos de diversas modalidades.
 
Programação
Horário de Brasília
 
Domingo (1º)
10h: Treinamento GAF e GAM
 
Segunda-feira (2)
10h: Treinamento GAF e GAM
 
Terça-feira (3)
10h: Competição por equipes e individual geral - GAF
 
Quarta-feira (4)
10h: Competição por equipes e individual geral - GAM
 
Quinta-feira (5)
10h: Finais do solo, cavalo com alças e argolas - GAM
10h: Finais do salto e assimétricas - GAF
 
Sexta-feira (6)
10h: Finais do salto, barras paralelas e barra fixa - GAM
10h: Finais do solo e trave - GAF
 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook