Taubaté vai até Minas Gerais para encarar o JF Vôlei

A equipe taubetana está na terceira posição da Superliga / Foto: Rafinha Oliveira / EMS Taubaté FunvicA equipe taubetana está na terceira posição da Superliga / Foto: Rafinha Oliveira / EMS Taubaté Funvic

Minas Gerais - A 16ª rodada da Superliga Masculina de Vôlei 2017/2018 começa nesta quinta-feira, dia 8 de fevereiro, e reserva ao time da EMS Taubaté Funvic um jogo contra o penúltimo colocado da competição. Nesta quinta-feira, às 19h30, os taubateanos encaram o JF Vôlei, em Juiz de Fora (MG), jogo marcado para o ginásio da UFJF.
 
Ocupando atualmente a 4ª posição da Superliga, a EMS Taubaté Funvic tem uma campanha de 12 vitórias e 3 derrotas em 15 jogos disputados. Ao todo, soma até aqui 33 pontos. A equipe valeparaibana vem de uma vitória complicada diante do Lebes Canoas (RS), por 3 sets a 2.
 
Para o treinador Daniel Castellani, o time vive um momento de afirmação na Superliga, apesar das dificuldades. “A vitória contra o Canoas poderia ter sido mais tranquila, mas o adversário fez um ótimo jogo, o que valoriza sim nosso resultado. Teremos mais este jogo fora de casa, e assim como nos outros confrontos, não podemos achar que será fácil só pela campanha mais frágil do adversário.”, destacou o comandante taubateano.
 
O adversário - O JF Vôlei (MG) vem fazendo uma campanha ruim. O time mineiro ocupa atualmente a vice-lanterna da competição, 11ª colocação, com apenas 4 pontos ganhos. Em 15 jogos, foram apenas duas vitórias e 13 derrotas. Na última rodada, a equipe de Juiz de Fora foi derrotada em casa pelo SESI-SP por 3 sets a 1.No encontro entre EMS Taubaté Funvic e JF Vôlei no primeiro turno, em Taubaté, vitória dos taubateanos por 3 a 0.
 
Desfalques - Para esta partida o técnico Daniel Castellani terá dois desfalques. O ponteiro Lucarelli segue em recuperação de uma cirurgia no tendão calcâneo, e o central Rafael está afastado por conta de uma fratura em um dedo da mão esquerda. O atleta passou por cirurgia na última terça-feira, dia 6, e segundo o médico da equipe, Dr. Alexandre de Paiva Luciano, ficará 12 semanas longe das quadras.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook