Ponta Grossa Caramuru trabalha para iniciar 'confrontos diretos' sem desfalques

Comissão técnica do alvinegro quer ter todos os atletas disponíveis para o jogo contra Maringá / Foto: José Tramontin/Ponta Grossa CaramuruComissão técnica do alvinegro quer ter todos os atletas disponíveis para o jogo contra Maringá / Foto: José Tramontin/Ponta Grossa Caramuru

Paraná - Com duas semanas de preparação para a partida contra o SADA Cruzeiro, o Ponta Grossa Caramuru trabalha para recuperar os atletas lesionados do elenco. Tendo três desfalques nas últimas partidas, o departamento médico e a comissão técnica do alvinegro intensificam os tratamentos para fazer com que os jogadores voltem a entrar em quadra no próximo mês, quando iniciam as partidas com os rivais diretos na Superliga.
 
O central Thales teve uma lesão com gravidade menor, fato que surpreendeu a fisioterapeuta Cirlene Gusmão. A profissional da área médica do clube revela que a lesão do atleta foi no dorso do pé, mas que este já está plenamente recuperado. "Tive uma boa recuperação, com uma atenção redobrada da fisioterapia. Infelizmente fiquei de fora de jogos importantes, onde crescemos como equipe nessas partidas". Thales já está treinando normalmente e poderá ser relacionado para a partida contra o Cruzeiro.
 
A lesão do ponteiro Perón foi mais grave. O jogador teve uma entorse no tornozelo direito na partida contra o Montes Claros, no dia 15 de dezembro. Desde então, esteve fora de três partidas e deverá perder ao menos mais dois compromissos até voltar a entrar em quadra. Na fase final de recuperação de uma lesão no tornozelo direito, Perón retornou aos treinos técnicos, mas ainda sem saltos.
 
Perón fala sobre o processo de recuperação, tendo que ficar afastado do trabalho com a equipe: "Foi um período difícil. Ver a minha equipe dentro de quadra e não poder ajudar é ruim. Agora estou na reta final do trabalho com a fisioterapeuta, já voltei a treinar na quadra e em breve volto a saltar".
 
O ponteiro Zapata é outro jogador que se recupera de lesão. De acordo com Cirlene Gusmão, o jogador tem um desgaste na articulação do joelho, mas aos poucos treina em quadra seguindo recomendações do departamento médico. Com ele, o trabalho é restrito, ainda sem saltos. Porém, os deslocamentos laterais e tiros curtos estão liberados.
 
Expectativa - O departamento médico do Ponta Grossa Caramuru trabalha para liberar o retorno dos dois atletas com casos mais graves, Perón e Zapata, na partida contra o Maringá, quando iniciam os jogos com os rivais próximos da equipe ponta-grossense na tabela. O jogo do dia 17 de fevereiro, às 20h00, marca a volta da equipe a Arena Multiuso depois de quase três meses sem jogar em casa na Superliga.
 
Ausência - O auxiliar técnico Victor Hillmann assumirá a equipe principal na partida contra o SADA Cruzeiro no dia 3 de fevereiro, por conta de compromissos pessoais e profissionais do técnico Fábio Sampaio, assumidos há mais de um ano. Victor treinou a equipe durante partidas do Campeonato Paranaense deste ano. Fábio acompanhará os treinos à distância e reassumirá a equipe no jogo contra o SESC (RJ), no dia 8 de fevereiro.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook