Sesi-SP sedia a fase final da Copa Brasil de vôlei masculino

Para abrir a programação, a entidade realizará uma mesa redonda com os quatro técnicos finalistas nesta quarta-feira (24) / Foto: Amanda Demétrio/Sesi-SPPara abrir a programação, a entidade realizará uma mesa redonda com os quatro técnicos finalistas nesta quarta-feira (24) / Foto: Amanda Demétrio/Sesi-SP

São Paulo - O ginásio do Sesi-SP, na Vila Leopoldina, será o palco da Fase Final da Copa Brasil masculina de vôlei 2018. De olho no primeiro título da competição nacional, o grupo comandado pelo técnico Rubinho enfrenta o EMS Taubaté Funvic, nesta quinta-feira, dia 25 de janeiro, às 21h, no maior clássico paulista. Mais cedo, às 19h, Sada Cruzeiro e Sesc-RJ se enfrentam em busca de uma vaga na grande final. Ambos os jogos, válidos pela semifinal, terão transmissão ao vivo do canal SporTV. A final acontece no sábado, dia 27 de fevereiro, às 21h30.
 
O ano de 2018 começou a todo vapor para o time masculino de vôlei do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP). Após vencer o Ponta Grossa Caramuru (3 a 0) e o Lebes Canoas (3 a 2), no último sábado pela terceira rodada do returno da Superliga, o time da capital paulista chega em mais uma edição da Copa Brasil. Classificado direto para a fase semifinal por ser a sede da competição, o grupo da Vila Leopoldina não terá vida fácil na quinta edição consecutiva do torneio.
 
Conhecido como o principal clássico paulista, Sesi-SP e Taubaté farão o grande reencontro em mais uma fase decisiva. Atual campeão do torneio, quando venceu o Sesi-SP na grande decisão de 2017, o time do Vale do Paraíba aparece com a vantagem no retrospecto da temporada 2017/18. Foram quatro encontros, entre Campeonato Paulista e Superliga, com uma vitória para o Sesi-SP e três para o Taubaté.
 
"Essa fase da Copa Brasil conta com os quatro melhores times do país. Independentemente do adversário, qualquer um seria dureza. Difícil falar em resultados. Nosso time tem que se preparar para jogar um campeonato curto e fazer o melhor possível. Vamos jogar em casa e sem dúvida que o nosso objetivo é ganhar. O time está com essa mentalidade e está dando muita importância a esse título, principalmente por estarmos em casa", comentou William Arjona.
 
Para o técnico Rubinho, a Copa Brasil além de contar com grandes confrontos em uma disputa rápida por um título, é uma competição interessante por premiar as primeiras equipes da primeira fase da Superliga.
 
Obviamente que as equipes ainda vão evoluir mais no decorrer da Superliga, mas já teremos um embate muito bom. São times que já se enfrentaram nesta temporada, porém agora em uma disputa rápida, com jogos eliminatórios e que vale um título, o que muda o cenário", avaliou o técnico.
 
Mesa redonda - Antes do início dos jogos o Sesi-SP reunirá os quatro treinadores semifinalistas para falar sobre voleibol. A mesa redonda, que acontece nesta quarta-feira, dia 24, das 14h às 15h30, no teatro do Sesi Vila Leopoldina, contará com a participação de profissionais e estudantes de Educação Física, além de torcedores que tenham interesse em aprender com grandes nomes da modalidade como Rubinho (Sesi-SP), Marcelo Mendez (Sada Cruzeiro), Daniel Castellani (EMS Taubaté Funvic) e Giovane Gávio (Sesc RJ).
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook